Mais Café

OS CINCO CAFÉS MAIS EXÓTICOS – E CAROS – DO MUNDO

 

postado em 06/09/2016 | Há 7 meses

cafe-4

Por: Glamour

Ah, o poder da cafeína! Desperta, faz a gente raciocinar mais rápido, ajuda o metabolismo a se manter acelerado. Mas, além do bom café de todo dia, existem uma série de espécies mundo afora, raras e caras. A Gelma Franco, barista do Il Barista, contou pra gente qual o atual top 5 do momento. Espia só:

1. Kopi Luwak
Origem: Ilha de Bali, vilarejo de Ubud, na Indonésia. Segundo Gelma, é o quarto produtor de café mundial, cerca de 7% de toda a produção do mundo vem dali.
Curiosidade: As civetas (um bichinho que parece um rato) chupam a frutinha e engolem a semente inteira. A semente passa intacta pelo processo digestivo e é expelida junto com as fezes. No estômago, as sementes absorvem alguns ácidos e enzimas ocorrendo uma fermentação natural.
Sabor: “Notas de entrada de frutas vermelhas, bom corpo, acidez zero e pouco amargor”, descreve a barista.
Preço por quilo: £ 2.000 ou R$ 11.600, na Harrod´s, em Londres.

2. Black Ivory Coffee
Origem: Província de Chiang Saen, na Tailândia, bem na fronteira com a Birmânia e Laos.
Curiosidade: Segundo Gelma, a colheita é manual, em plantações acima de 1.500 metros de altitude. “Elefantes esmagam a fruta, porém engolem a semente inteira”, conta. A digestão é lenta, portanto os grãos de café são marinados com as outras herbáceas e frutas da ração, promovendo fermentação natural. A semente intacta é expelida com as fezes. São necessários 33 quilos de cerejas de café pra produzir 1 quilo de Black Ivory.
Sabor: Gelma dá o veredito – notas de entrada de grama e ervas, médio corpo, acidez zero e com finalização de chocolate escuro e canela.
Preço por quilo: R$ 1.200 no site blackivorycoffee.com

Pin it !Do instagram @coffeenclothes (Foto: Reprodução/Instagram)

3. Monkey Coffee
Origem: Província de Zhanghu, em Taiwan
Curiosidade: Os macacos são os selecionadores naturais. “Eles aproveitam o exterior suculento das frutas vermelhas e cospem os grãos”, diz Gelma. O café é cuspido, colhido, lavado e seco ao sol – dá até pra notar as marcas de dentes nos grãos mastigados pelos bichos.
Sabor: Notas de caramelo, médio corpo, doçura alta, média acidez e com finalização de baunilha.
Preço por quilo: R$ 700, em empórios.

4. Jacu Bird Coffee
Origem: Domingos Martins, Pedra Azul, no Espírito Santo – é do Brasil-sil-sil
Curiosidade: “O pássaro Jacu engole a cereja, mas não mastiga o grão, que passa intacto pelo processo digestivo e é expelido junto com as fezes. No estômago, as sementes absorvem alguns ácidos e enzimas pra que seja fermentado naturalmente”, explica a expert. Um quilo de fezes rende 300g de Jacu Bird. É o segundo café exótico mais famoso do mundo. Só perde pro Kopi Luwak.
Sabor: Notas de entrada de Jasmin, baixa acidez, doçura natural, médio corpo e zero de amargor.
Preço por quilo: R$ 4.640, na Harrod´s, em Londres.

5. Blue Mountain
Origem: Jamaica
Curiosidade: Blue Mountain é a maior cordilheira da Jamaica, com 45 quilômetros de extensão e um microclima bem propício pra produção de cafés, que são colhidos em altitudes entre 1.800 e 2.200 metros. “A produção é limitada e distribuída entre pequenos produtores e cooperativas da região. Os cafés são despolpados, depois levados aos tanques de fermentação, onde o tempo e a acidez são controlados cuidadosamente. Ao chegar à acidez desejada, os grãos são lavados pra a retirada do mosto, saldo da fermentação. O resultado é  uma bebida menos encorpada e com uma acidez refrescante”, ilustra Gelma.
Sabor: Notas de frutas cítricas, acidez média, corpo leve e baixo amargor.
Preço por quilo: R$ 800

Pin it !Ah, um café... Insta pra seguir já: @coffeenclothes (Foto: Reprodução/Instagram)
 

Veja tambÉm: