Produção

Agricultura orgânica supera a convencional nos trópicos

Um estudo de longo prazo do Instituto Suíço de Pesquisa da Agricultura Orgânica (FiBL -- Swiss Research Institute for Organic Agriculture) no Quênia mostrou claramente que a agricultura orgânica não apenas gera produção comparável mas também resulta em ma

 

postado em 30/06/2016 | Há 8 meses

Um estudo de longo prazo do Instituto Suíço de Pesquisa da Agricultura Orgânica (FiBL -- Swiss Research Institute for Organic Agriculture) no Quênia mostrou claramente que a agricultura orgânica não apenas gera produção comparável mas também resulta em mais renda para agricultores do que os métodos convencionais.

ZURIQUE, 30 de junho de 2016 - /PRNewswire/ -- O estudo de dez anos em Thika e Chuka foi conduzido com parceiros locais desde 2007. Ele contradiz o mito de que a agricultura orgânica precisa de mais espaço para atingir rendimentos similares. Com os custos do insumo mais baixos para a agricultura orgânica e preços mais altos dos produtos nos mercados, as rendas dos agricultores orgânicos começam a ser mais altas após cinco anos e chegam a ser 63% mais altas no sexto ano.

Outro fator importante determinado pelo estudo é a melhor fertilidade do solo na lavoura orgânica. Além disso, a ausência de adubos químicos nos sistemas de agricultura orgânica traz efeitos benéficos para os ecossistemas, bem como para a saúde das pessoas, uma vez que não há resíduos químicos nocivos.

Estudos paralelos na Índia sobre a produção de algodão e na Bolívia sobre a produção de café apresentaram resultados positivos similares para o método orgânico. A Comparação de Sistemas de Lavoura nos Trópicos (SysCom -- Farming Systems Comparison in the Tropics) de longo prazo tem o propósito de fornecer evidências científicas sobre as vantagens e desvantagens dos sistemas de agricultura orgânica versus a de agricultura convencional. O objetivo é dar suporte ao desenvolvimento de políticas e estratégias que estimulem a adoção de práticas de uso sustentável da terra, em nível local, regional e internacional.

O estudo mostra claramente que o método orgânico é uma estratégia viável nos trópicos, com a disseminação de conhecimentos e o treinamento em agricultura orgânica sendo um dos desafios cruciais. A disseminação de conhecimentos tem sido o principal propósito dos esforços da Fundação Biovision para dar suporte aos pequenos proprietários de terra na África Oriental, a fim de melhorar suas subsistências. A Fundação Biovision está apoiando financeiramente o estudo de longo prazo no Quênia, junto coma Agência Suíça para o Desenvolvimento e Cooperação (Swiss Agency for Development and Cooperation), o Serviço de Desenvolvimento de Liechtenstein e a cadeia de supermercados suíça Coop.

Além da pesquisa de longo prazo, que irá continuar pelo menos até 2019, o método de pesquisa participativa on-farm (na lavoura) é usado para desenvolver e promover práticas agrícolas adaptadas localmente para uma lavoura sustentável. Junto com os agricultores locais e outros interessados, estudos em campos diferentes são implementados para testar e analisar práticas inovadoras diferentes on-farm e on-station (na estação de pesquisa).

Para mais informações 'http://www.systems-comparison.fibl.org

http://www.biovision.ch

FONTE Biovision Foundation

 

Veja tambÉm: