Mercado

A FASE DE TRANSIÇÂO PEDE A SUA PARTICIPAÇÂO Por Fernando Barros

Estamos iniciando a colheita da safra 2016/17 com uma estimativa de 48 a 61 milhões de sacas de Café. Estimativa esta efetuada pelos mais diversos órgãos e participantes do Mercado.

 

postado em 27/06/2016 | Há 9 meses

A FASE DE TRANSIÇÂO PEDE A SUA PARTICIPAÇÂO Por Fernando Barros

Prezados Companheiros

Estamos iniciando a colheita da safra 2016/17 com uma estimativa de 48 a 61 milhões de sacas de Café. Estimativa esta efetuada pelos mais diversos órgãos e participantes do Mercado. Temos alguns fatos importantes como por exemplo a safra de Café Conilon no Espírito Santo em que os otimistas acham 6 milhões de sacas e os pessimistas 5. A safra de Conilon de Rondônia já está no final de colheita. Ficamos portanto com um número intermediário de 50,4 a 52,8 milhões de sacas o que dá um certo conforto ao Produtor com relação aos preços por alguns fatores que aqui podemos salientar.

Em primeiro lugar devido ao clima em varias regiões de Café Arábica como Triangulo Mineiro, Sul de Minas e Mogiana ter sido satisfatório o Café estará bem granado e com boa porcentagem de peneira e assim com menos catação deverá ter um porcentual baixo de Café para o Consumo Interno.

Os estoques de passagem nos mostram pouco Café nas mãos do Produtor e o preço do Café de Consumo deverá dar sustentação aos Cafés de melhor qualidade. Hoje um Café Conilon de 2015 está na casa dos R$410,00 e safra nova a R$395,00.A Industria deverá mudar o seu blend entrando nos cafés riados e riado rio. Assim não me preocupo muito com os preços desta nova safra que deverá estar sustentado pelo Consumo Interno.

Quanto a safra de 2017 ainda é cedo para qualquer estimativa pois temos que atravessar a fase de frio e chuva assim como o estado residual da lavoura colhida! Vamos agora falar um pouco de nossa Situação Política e Econômica que está numa situação difícil e de transição e a cada dia se descobre novos buracos nas Contas Públicas. O momento é de Cobrança pela Transparência e pelo combate a Corrupção! A Política Pública só existe com Gestão e Planejamento e o ultimo aqui no nosso País foi em 1978 com o Ministro João Paulo dos Reis Velloso.

Temos a grande oportunidade agora nas próximas eleições de trocar todos os Vereadores e Prefeitos de nosso País seja por serem coniventes (Corrupção Passiva) ou até por Corrupção Ativa. Isto dará uma base para as eleições de 2018 quando teremos as eleições para Presidente da República, Governadores, Deputados e Senadores. A União, Estados e Municípios praticamente faliram e quando a Empresa quebra é preciso trocar o comando.

Todo apoio a Operação Lava Jato é necessário pois sem a limpeza fica difícil lidar com o Teatro do dá lá e toma cá! Este Presidencialismo de coalizão faliu. É muito difícil Governar com 32....Partidos Políticos aonde se procura transformar a mentira em verdade.  A reforma Política vai depender de nós cobrarmos assim como a limpeza na Administração Pública infiltrada por antipatriotas que nos levaram a esta situação.

Esta situação é observada de perto pelo mundo globalizado que ao comprar nosso café muitas vezes ficam esperando o melhor momento pois sabem de nossa frágil situação e o preço só não caiu em reais pela alta do dólar e pelos estoques baixos. Portanto agora é hora de união e cobrança por um País melhor e mais equilibrado, com menos conversa e mais ação.

 

Fernando Souza Barros

Diretor Executivo da Sincal

 

Veja tambÉm: