Mercado

Cafezinho sobe 20% em quatro meses em Ribeirão Preto

 

postado em 22/12/2011 | Há 5 anos

22/12/2011

O consumidor deve pagar ainda mais caro pelo cafezinho em Ribeirão Preto a partir de janeiro. No varejo, o preço do pó do grão subiu 20% de agosto até dezembro, segundo a Apas, entidade que representa os supermercados. O preço do pacote de 400 gramas saltou de R$ 5,49 para R$ 6,60, em média, entre as várias marcas disponíveis. Tiago Albanesi, diretor regional da Apas, explica que os supermercadistas repassam o reajuste de distribuidores e os estabelecimentos ainda não foram informados sobre percentual de alta.

“O café é um produto que tem margem pequena e o reajuste tem que ser imediato”, garante. Um dos motivos para o possível aumento é a baixa disponibilidade de café no mercado externo. Mesmo com a crise econômica, os estoques mundiais estão apertados e a demanda crescente. A próxima safra só deve despejar grãos no mercado depois de maio. Por meio da assessoria, a Café Utam, uma das empresas que produzem e distribuem o grão, informou que nos últimos 4 meses o aumento foi de 11,2% da indústria para os supermercados.

A empresa informa que o preço da matéria-prima acumulou alta ao longo do ano todo e continua subindo. Além disso, haveria para 2012 previsão de uma safra também com queda na produtividade – o que indica possível alta. Os aumentos pressionam o preço interno e o consumidor final deve pagar ainda mais caro a partir de janeiro.

Fonte: AgnoCafe

 

Veja tambÉm: