Mercado

Cafés do Brasil são apreciados em Seul

Participantes de feira internacional podem degustar a variedade de aromas e sabores dos cafés especiais das várias regiões produtoras brasileiras

 

postado em 25/11/2011 | Há 6 anos

Brasília (25/11/2011) - Os Cafés do Brasil, coordenado pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (Brazil Specialty Coffee Association - BSCA, na sigla em inglês), com apoio do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, estão sendo divulgados no 10º Café Show 2011 que começou ontem (24) e segue até domingo, 27 de novembro, em Seul, Coreia do Sul.

Os participantes podem degustar a variedade de aromas e sabores dos cafés especiais brasileiros que são servidos, no estande, das várias regiões produtoras. O café é cultivado na Chapada Diamantina (BA), Montanhas do Espírito Santo, Centro-Oeste de São Paulo, Mogiana Paulista, Cerrado Mineiro, Matas de Minas, Sul de Minas e Norte Pioneiro do Paraná.

Os visitantes podem apreciar, na xícara, a qualidade de amostras de cafés brasileiros de produtores associados da BSCA e dos vencedores do 12º Concurso de Qualidade Cafés do Brasil - "Cup of Excellence" - Edição 2011. Trata-se dos melhores grãos nacionais produzidos nesta safra, cujos lotes participarão do concorrido leilão, via internet, em janeiro de 2012. De acordo com a BSCA, o mercado asiático é o maior mercado de cafés especiais brasileiros. Nos Concursos "Cup of Excellence" de 2009 e 2010, japoneses, coreanos e taiwaneses foram os grandes compradores de lotes desses cafés.

A equipe de trabalho é composta por quatro experientes baristas brasileiros, que também prestam informações sobre a bebida e recomendam o produto mais adequado para o gosto do visitante.

De acordo com a coordenadora-geral de Planejamento e Estratégias do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento, Cláudia Marinelli, que participa da feira Café Show 2011, os cafeicultores brasileiros têm uma vantagem única no mundo. “Em virtude do clima favorável no decorrer da colheita, podem processar a secagem de café entre três métodos (natural, cereja descascado e despolpado) e adequar a produção às necessidades dos clientes”, afirma.

Conheça a feira: www.cafeshow.co.kr

 

Veja tambÉm: