Mercado

El Salvador reduz estimativa para safra de café 2011/2012

 

postado em 27/10/2011 | Há 6 anos

Reuters

26 de outubro de 2011

El Salvador reduziu sua previsão para a próxima colheita de café em 6% na noite de terça-feira, após avaliar o estrago potencial que as fortes chuvas poderiam causar às safras. A associação do café Procafé disse que o país da América Central, que produz café arábica de alta qualidade, colherá em 2011/12 1,33 milhão de sacas de 60 kg, uma queda de mais de 30% em relação à ultima temporada 2010/11.

El Salvador produziu 1,92 milhão de sacas em 2010/11 e esperava colher anteriormente 1,41 milhão em 2011/12. A nova safra começa este mês e vai até setembro do ano que vem, e os estragos às estradas que levam às fazendas vão dificultar o acesso de trabalhadores aos campos para colher cerejas.

"Caso as chuvas continuem, há pelo menos outras 150 mil sacas de café que estão correndo risco", disse o presidente da Procafé, Antonio Arevalo. "Há café maduro em árvores que ainda pode ser afetado caso medidas apropriadas não sejam tomadas", disse Arevalo.

Quase duas semanas de fortes chuvas provocaram cerca de 100 mortes e forçaram milhares a deixarem suas casas, afetando aproximadamente 1 milhão de pessoas da América Central e México que, juntos, produzem mais de um quinto do café arábica do mundo.

As Nações Unidas e El Salvador lançaram um apelo na terça-feira por US$ 15,7 milhões em ajuda internacional para o desastre. Um novo furacão em direção à península de Yucatan, no México, o Rina, não passou pela região produtora de café, o que ajudou a aliviar pressão sobre os preços em Nova York.

 

Veja tambÉm: