Mercado

Índia retira sua candidatura para a Organização Internacional do Café

Brasil e o México permanecem na disputa do cargo de diretor executivo da organização

 

postado em 27/09/2011 | Há 5 anos

Agência Estado

A Índia retirou a candidatura para a liderança da Organização Internacional do Café (OIC). Dessa forma, restam apenas o Brasil e o México na disputa do cargo de diretor executivo da organização. A decisão do candidato indiano, Krishna Rau, foi tomada nesta terça, dia 27, no final das atividades do segundo dia da reunião anual da OIC, segundo fontes. As reuniões são realizadas a portas fechadas, sem, portanto, informações oficiais.

Apesar da retirada da Índia, os representantes da OIC ainda não encontraram consenso sobre o nome do novo diretor executivo. Amanhã, as partes continuarão tentando chegar a uma solução de comum acordo. O processo somente seguirá para votação se a ausência de acordo persistir. Tradicionalmente, a liderança da OIC é obtida por consenso. Diante da disputa, não é possível prever se o novo líder da organização será anunciado nesta quarta, dia 28. Os participantes têm até sexta, dia 30, quando termina a reunião anual, para decidir.

O Brasil tenta emplacar o nome de Robério Silva, diretor do Departamento do Café do Ministério da Agricultura. Também concorre ao cargo Rodolfo Taubert, do México. A delegação brasileira é liderada pelo subsecretário-geral de Assuntos Econômicos e Tecnológicos do Itamaraty, Valdemar Carneiro Leão, e conta com políticos nacionais.

A disputa pela liderança da OIC foi aberta após a saída do colombiano Nestor Osório para representar seu país na Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York. Atualmente, o brasileiro José Sette é o diretor executivo interino.

 

 

Veja tambÉm: