Mercado

Investidor se afasta das commodities

 

postado em 23/09/2011 | Há 6 anos

O Estado de São Paulo

23/09/2011
 
Investidor se afasta das commodities
 
 
Os preços das matérias-primas voltaram a cair com força ontem nas bolsas internacionais, diante das incertezas dos investidores com relação à economiaglobal. O temor de que a situação dos Estados Unidos e da Europa se agrave fez com que investidores vendessem um grande volume de contratos de commodities, já que são aplicações consideradas de maior risco, assim como as ações. Nessas horas, as atenções se voltam para o dólar, que se valorizou expressivamente com relação a uma cesta de moedas, entre elas o euro e o real. O analista Sterling Smith, da corretora Country Hedging, afirmou à agência de notícias DowJones que este parece ser o início de uma nova tempestade financeira, "provavelmente não tão grande como a de 2008, mas de natureza similar".

Em meio a tanta turbulência, a cotação do açúcar despencou na Bolsa de Nova York. O contrato do produto para entrega em março cedeu 4,25% e fechou a 24,81 centavos de dólar por libra-peso. Na mesma bolsa, o café caiu 5,04%, pois, além das incertezas na economia, o real fraco favorece as vendas de exportadores, que acabam ganhando mais em dólar.

Fundos de investimento também venderam em massa nos mercados de grãos e derrubaram os preços do milho, da soja e do trigo. As cotações do milho e do trigo atingiram o menor nível em dois meses e meio. A soja registrou mínimas em seis meses.
 

 

Veja tambÉm: