Mercado

Melles: produtor retrai vendas à espera de recuperação do preço

 

postado em 30/07/2011 | Há 6 anos

Folha de S. Paulo

Folha de S. Paulo
29/07/2011
 

DE RIBEIRÃO PRETO
 
O elevado patamar de preços do café está adiando o fechamento de grandes volumes de novos negócios, segundo o Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da USP, e cooperativas de produtores.
 
Embora o preço tenha recuo parcial de 6,75% neste mês, de acordo com o indicador do café arábica do Cepea, ainda é considerado elevado pelos produtores.
 
Os compradores estão adquirindo só o necessário para honrar os contratos que já foram fechados e esperam uma queda maior na cotação, segundo a analista do Cepea Fernanda Geraldini.
 
Além disso, há a entrada de novos grãos desta safra, o que faz com que os negócios fiquem suspensos.
 
Os produtores confirmam os dados do Cepea. Na Cooparaíso, por exemplo, as vendas estão retraídas. "O preço da saca caiu cerca de R$ 100 em meio a uma escassez tremenda do mercado. Isso leva o produtor a retrair a oferta e esperar a recuperação dos preços", disse o presidente da cooperativa e deputado federal Carlos Melles (DEM). Para ele, o preço do grão do tipo 6, de boa qualidade, deveria estar "no mínimo" em R$ 550, já que há demanda externa pelo produto.
 
Na Cocapec, os negócios também estão "parados", de acordo com o diretor-presidente, João Toledo. "Os exportadores estão segurando as compras para não dar liquidez e forçar o preço a cair", afirmou.

 

Veja tambÉm: