Mercado

Produtores de café da Bahia comemoram alta

 

postado em 28/06/2011 | Há 6 anos

Economia 

27/06/2011

Alessandra Nascimento | Tribuna da Bahia


Os produtores de café da Bahia estão comemorando a alta no preço da saca do produto. Segundo o presidente da Associação dos Produtores de Café, Assocafé, João Lopes Araújo, após 10 anos com a saca sendo comercializada a R$ 250, e os desafios enfrentados pelo segmento com valorização do real em mais de 108% na era Lula, dificultando as exportações, o setor está comemorando a elevação do preço da saca para R$ 480 (café fino) e R$ 270 (de consumo). “A perspectiva é boa para os próximos anos.

O Brasil e demais países produtores haviam diminuído a produção e, em contrapartida, o consumo do café se elevou nos últimos anos. Desta forma o produtor começa a recuperar as perdas financeiras, baseado no aumento do consumo que cresce no mundo a 1,5%, ao passo que no Brasil a demanda interna aumenta 5% por ano”, diz.  João Lopes revela que a melhor remuneração tem ajudado os produtores. “Por muitos anos o consumidor tomava um bom café e pagava um preço baixo no mercado.

Com a valorização do valor da saca este preço acaba sendo repassado para o consumidor final”, menciona Lopes em relação às oscilações de preço nos últimos tempos no valor do tradicional cafezinho.

 

 

Veja tambÉm: