Consumo

CAFETERIA - GRSA OFERECE ALIMENTAÇÃO E CURSO DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

 

postado em 27/05/2011 | Há 6 anos

Ação beneficia acolhidos da ONG Arsenal da Esperança

Graças ao trabalho desenvolvido há 15 anos pela organização não-governamental "Arsenal da Esperança Dom Luciano Pedro Mendes de Almeida" mais de 37 mil pessoas encontraram uma maneira de transformar suas vidas e encontrar um novo rumo. Entidade beneficente sem fins lucrativos, a ONG acolhe diariamente 1.200 homens com algum tipo de necessidade, como falta de moradia, trabalho,  problemas de saúde ou falta de alimentação.

A GRSA - Soluções em Alimentação e Serviços de Suporte é parceria da entidade há seis anos. São servidas 2.700 refeições por dia entre café da manhã, lanche, almoço e jantar aos acolhidos do Arsenal da Esperança. Neste contexto, a empresa reforçou o laço e propicia gratuitamente, há três anos, um curso de Auxiliar de Cozinha aos interessados. "O curso tem por objetivo oferecer a possibilidade das pessoas terem uma profissão e facilitar sua inserção no mercado de trabalho, contribuindo, assim, para o resgate da auto-estima e da dignidade", diz Denise Frasinelli, Gerente de Unidade da GRSA no Arsenal da Esperança.

O curso de Auxiliar de Cozinha já capacitou 130 pessoas e acontece quatro vezes por ano, sendo 12 pessoas inscritas por turma. "Os acolhidos com melhor desempenho têm a possibilidade de serem contratados em serviço temporário, registrados pelo Arsenal, além disso, para os que se destacam, a GRSA disponibiliza os dados no Banco de Oportunidades da empresa", explica Denise. O diploma do curso é válido para qualquer estabelecimento, inclusive restaurantes comerciais, uma vez que os acolhidos recebem orientação sobre higiene e manipulação de alimentos, segurança do trabalho e alimentar, além de atendimento ao cliente e comportamento pessoal.

"Só tenho a agradecer ao Arsenal e a GRSA, pois depois que participei da primeira turma do Curso de Ajudante de Cozinha em 2008, tudo mudou na minha vida. Há três anos consegui trabalho na área, como ajudante de cozinha no restaurante da GRSA da empresa Cooperativa Central de Laticínios do Estado de São Paulo (CCL). Estou muito feliz atuando nesta área e aprendo bastante, desde dicas do cozinheiro até detalhes da área de estoque", diz Anderson da Silva Paz, colaborador da GRSA na Unidade CCL.

A Diretora Regional de Operações da GRSA, Neide Rodrigues, trabalhou durante três anos como gerente de operações do Arsenal da Esperança e relembra: "Trabalhar para uma organização deste segmento me cativou e gerou um envolvimento muito grande, pois mesmo não estando mais no Arsenal, até hoje tenho o cuidado de auxiliar no trabalho e atendimento à unidade", diz Neide. "A experiência no Arsenal me proporcionou muito mais do que aprendizado profissional, obtive crescimento pessoal que me fez olhar de uma forma muito mais humana para o trabalho", completa a executiva.

O Arsenal da Esperança possui 130 funcionários e mais de 100 voluntários, como psicólogos, assistente social e arquitetos. Com parceiros, a entidade oferece ainda cursos de padeiro e confeiteiro, informática, alfabetização, construção civil, encadernação, jardinagem, entre outros. "Disponibilizamos todo tipo de atendimento, como auxílio social, médico, odontológico, jurídico e previdenciário aos acolhidos. Ajudamos também com local para lavar e guardas suas roupas, tomar banho, se alimentar ou apenas dormir", garante Gianfranco Mellino, coordenador do Arsenal da Esperança.

Para comemorar os 15 anos de atuação do Arsenal da Esperança completados em 2011 e celebrar os mais de 37 mil atendimentos, a entidade realizará um evento no dia 28 de maio. "Toda a sociedade está convidada, inclusive contamos com a presença de nomes renomados, como governador de São Paulo, Geraldo Alckmin. Haverá bazar beneficente, atividades de entretenimento e muita diversão aos presentes", diz Gianfranco.

Nomeado Floresta que Cresce, projeto realizado pelo Arsenal da Esperança, merece destaque entre as diversas iniciativas em prol da solidariedade "Nossos acolhidos, colaboradores e voluntários ajudam creches, orfanatos, asilos oferecendo serviços como pintura de paredes e consertos em geral. Atuamos para que os "excluídos" de hoje - sejam eles crianças, jovens ou adultos tornem-se protagonistas do presente e do futuro, parceiros no combate à fome, à miséria e às injustiças do mundo", finaliza Gianfranco.

A Associação Assindes Sermig é responsável pelo Arsenal da Esperança, fundado sob inspiração de Ernesto Olivero e Dom Luciano Pedro Mendes de Almeida em 1996. O Arsenal fica próximo à Estação do metrô Bresser Mooca, na Rua Dr. Almeida Lima, 900. Mais informações: www.arsenaldaesperanca.org.br.

Atuando no mercado brasileiro há 34 anos, a GRSA fornece soluções em alimentação e em serviços de suporte - como limpeza, portaria, manutenção, recepção, entre outros - para empresas, escolas, hospitais, aeroportos, terminais rodoviários e locais distantes de centros urbanos. Líd er de mercado, a GRSA serve 1,4 milhão de refeições por dia e conta com uma estrutura logística que atende mais de 2.000 unidades em 360 cidades. Atualmente possui mais de 35 mil colaboradores, o que a posiciona em 15º lugar entre as maiores empregadoras do país (ranking Exame - Melhores e Maiores 2010). A GRSA é uma empresa do Compass Group, líder mundial em serviços de alimentação e de suporte, com atuação em mais de 50 países.

 

Veja tambÉm: