Produção

Produtores de café adquirem equipamentos para colheita em São J. do Patrocínio

 

postado em 24/05/2011 | Há 6 anos

24/05/2011 São Jorge do Patrocínio - Os produtores de café de São Jorge do Patrocínio, animados com a boa produção e valorização da saca neste ano, foram contemplados com financiamentos para a compra de 18 máquinas Shindaiwa com derriçadores Brudden. Cada máquina realiza o serviço de duas pessoas colhendo manualmente, dobrando, desta forma, a produção diária. No último dia 10 foram entregues mais 6 máquinas do mesmo modelo no município.

A Coopat – Cooperativa dos Produtores Rurais já entregou neste ano um total de 30 máquinas derriçadoras de café Brudden e mais 5 roçadeiras, que são acopladas no mesmo motor. “Com a inserção destas máquinas na produção de café local, estamos melhorando sensivelmente a colheita semi-mecanizada no município”, afirma o técnico agrícola da Coopat, Eder Braz. Os financiamentos foram viabilizados por meio da Emater, como o apoio da Secretaria de Agricultura.

O aquecimento da produção de café na região vem despertando entre os produtores a necessidade de adotarem técnicas cada vez mais sofisticadas e adquirirem equipamentos. Nos últimos anos tem-se procurado aperfeiçoar a produção café na região, que já foi uma das maiores produtoras de café do mundo, entre as décadas de 50 e 60. Mesmo com o fenômeno meteorológico conhecido com “a geada de 75”, que dizimou a produção paranaense, São Jorge do Patrocínio em suas origens, como muitas cidades paranaenses, tinha ainda a produção de café como base de sua economia. Hoje, após várias tentativas de reversão do desastre e algumas conquistas, o Paraná é responsável por 40% da produção nacional de café.

 

Veja tambÉm: