Mais Café

Cobertura do lançamento da nova estratégia de comunicação do Café do Cerrado, a Região do Cerrado Mineiro

Coffee Grown Whith Attitude

 

postado em 20/04/2011 | Há 6 anos

Pelo menos 600 pessoas, entre produtores de café e lideranças do setor, participaram ontem, em Uberlândia (MG), do lançamento da estratégia de marca para o café produzido na região do cerrado mineiro. A nova estratégia substitui, por exemplo, o nome Café do Cerrado pela nomenclatura oficial da indicação geográfica: Região do Cerrado Mineiro.

 

"É mais que uma mudança de nome, é uma maneira de incorporar ao produto os cafeicultores e a história da cafeicultura na região. É uma mudança de percepção do produto diante do consumidor", diz o diretor-executivo da Federação dos Cafeicultores do Cerrado, com sede em Patrocínio, José Augusto Rizental. Segundo ele, o conceito de "Café de Atitude", que a federação pretende transformar em uma espécie de marca do produto, tem como objetivo atrair investimentos do Brasil e exterior para parcerias com produtores. "É uma forma de promover o desenvolvimento socioeconômico da região. Se antes nosso foco era o produto, agora são as pessoas."

Com a estratégia, a entidade quer que o consumidor saiba que, além de qualidade, o produto da região tem procedência, rastreabilidade, é ético e sustentável. A região do cerrado mineiro, que abrange 55 municípios e 4.500 cafeicultores, é a única do Brasil a possuir indicação geográfica para o café.

Entrevista Francisco Sérgio - Região do Cerrado Mineiro 



Entrevista Paulo Vischi Be Consulting a nova Região do Cerrado Mineiro



Cobertura fotográfica


 

Veja tambÉm: