Mais Café

Brasil é tema de evento internacional do café

A variedade de aromas e sabores do grão nacional estará em evidência durante a 23ª Feira da Associação de Cafés Especiais da América, realizada entre os dias 29 de abril e 1º de maio, em Houston (EUA)

 

postado em 19/04/2011 | Há 7 anos

Brasília (19/04/2011) - A maior feira de cafés do mundo terá o Brasil como tema. A 23ª Exposição Anual da Associação de Cafés Especiais da América (SCAA, sigla em inglês), que será realizada de 29 de abril a 1º de maio em Houston (EUA), receberá mais de 500 produtores, torrefadores, pesquisadores, exportadores, especialistas e baristas brasileiros. O público esperado de 10 mil pessoas, incluindo participantes de países consumidores e produtores, terá a oportunidade de conhecer melhor a variedade de aromas e sabores do café brasileiro. A cada ano, a SCAA dá destaque especial a um país – o portrait country – e o Brasil foi escolhido para esta edição da feira. No estande brasileiro será montada uma cafeteria para degustação de cafés especiais das nove regiões produtoras do Brasil. Estarão representados os cafés de origem dos estados de Minas Gerais, Bahia, São Paulo, Paraná e Espírito Santo. No evento, o Brasil quer mostrar sua capacidade de oferecer um produto de qualidade, com uma produção de grãos diversificada que respeita o meio ambiente. O país é o maior produtor e exportador do mundo e vem ampliando sua participação no mercado internacional de cafés especiais ou gourmet, com grãos de alta qualidade. Em 2010, o Brasil exportou cerca de um milhão de sacas de 60 kg de cafés especiais, 15% a mais do que o ano anterior. Paralelamente a feira, nos dias 27 e 28 de abril, acontecem debates durante o simpósio organizado pela Associação de Cafés Especiais da América. Haverá palestras com especialistas brasileiros, como Carlos Brando, da P&A International Marketing; José Francisco Pereira, da Monte Alegre Coffees; e Flávio Borém, professor da Universidade Federal de Lavras. Sustentabilidade, certificação e qualidade são alguns dos assuntos que estarão em discussão. Também serão realizadas sessões de degustação dos Cafés do Brasil (Cupping Exchange Program) para potenciais clientes, com apresentações técnicas compostas por palestras a serem ministradas pelos profissionais Flávio Borem, Sílvio Leite e Edgard Bressani, seguidas de degustação desses cafés. A participação brasileira no evento está sendo organizada pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA, na sigla em inglês), com apoio Ministério da Agricultura, Apex-Brasil, Sebrae e entidades representativas do setor cafeeiro. Exportações Em 2010, as exportações de café renderam ao Brasil US$ 5,7 bilhões, resultado recorde. A cifra representa crescimento de 34,7%, em relação ao registrado em 2009 (US$ 4,3 bilhões). Os principais destinos do produto foram os Estados Unidos, com US$ 10,7 milhões; Itália, com US$ 3,7 milhões; e Argentina, com US$ 1,7 milhão. Saiba Mais O Brasil é o maior produtor e exportador mundial de café. O produto é cultivado em 12 estados, o que envolve 287 mil produtores, numa área plantada de 2,2 milhões de hectares. A cadeia produtiva é responsável pela geração de mais de oito milhões de empregos. O café especial (gourmet) precisa ter duas características básicas: ser limpo e naturalmente doce. A classificação depende do perfil do produtor, dos cuidados com a lavoura e da colheita. Desde 1988, a Associação Americana de Cafés Especiais (SCAA) promove o maior evento de cafés especiais do mundo. A cada ano, é escolhida uma nova cidade americana. A feira tem a participação de expositores de vários países, além de produtores, exportadores, importadores, varejistas, empresários e baristas. (Inez de Podestà e Laila Muniz) Acesse mais informações sobre o café brasileiro e a Feira de Cafés Especiais de Houston: www.cafesdobrasil.com.br http://www.scaa.org/
 

Veja tambÉm: