Mercado

Especulador compra e café sobe em NY

 

postado em 26/03/2011 | Há 6 anos

26 de março de 2011 | 0h 00
 
Ana Conceição - O Estado de S.Paulo

O preço do café voltou a subir na Bolsa de Nova York, apesar de notícias negativas, como a expectativa de aumento expressivo das exportações do Vietnã. O contrato maio subiu 1,05%, para 268,60 centavos de dólar por libra-peso. Na semana, contudo, as cotações acumularam baixa de 3,4%. As vendas vietnamitas devem crescer 22% em volume 96% em valor em março, de acordo com o Escritório Geral de Estatísticas. Os embarques do grão neste mês devem alcançar 150 mil toneladas, ou 2,5 milhões de sacas, avaliadas em US$ 330 milhões, de acordo com o órgão, citado pela agência Dow Jones. No mesmo intervalo de 2010, o país embarcou 123 mil toneladas de café, o equivalente a US$ 168 milhões. Na temporada iniciada em 1º de outubro de 2010, os embarques já somam 729 mil de toneladas, ou 12,75 milhões de sacas, alta de 17% na comparação com igual período de 2009/10. O volume exportado até agora em 2010/11 totalizou US$ 1,425 bilhão, 63% mais na comparação anual. O Vietnã é o maior produtor mundial de café robusta.


Em Chicago, a soja fechou com alta tímida, de 0,3%, para US$ 13,5825 por bushel, diante dos temores de que os produtores norte-americanos não vão plantar uma área suficiente na temporada 2011/12 para reabastecer os estoques. O atraso da colheita no Brasil por causa do excesso de chuvas também tem influenciado esse mercado.


 

 

Veja tambÉm: