Produção

Grupo quer transformar a região de café de Serra Negra, Amparo, Monte Alegre do Sul e Socorro em área de café certificado

 

postado em 25/01/2011 | Há 7 anos

Em 21/01/2011
 
Produtores de café de Serra Negra, Amparo, Monte Alegre do Sul e Socorro reuniram-se para buscar a melhor maneira de conseguir uma característica ímpar: dar à região o título de área produtora de café certificado. A até então denominada Associação dos Produtores de Café de Serra Negra – Ascafé, mudou de razão social e passou a chamar-se Associação dos Cafeicultores Certificados do Circuito das Águas Paulista, cujo objetivo principal é dar continuidade ao Projeto de Qualidade de Café iniciado pela Quota Mille com patrocínio da Sara Lee que desde 2005 trabalha com produtores das quatro cidades, melhorando a qualidade do café.

Segundo José Milton Dallari Soares, além da melhora na qualidade, os agricultores ligados ao projeto conseguiram aumentar a produção de 12 para 29 sacas por hectare em três anos. “As técnicas usadas eram antigas e mostramos a necessidade de mudança”. A saúde dos trabalhadores também fez parte da pauta de objetivos, bem como o cumprimento de regras ambientais e socioeconômicas.

O projeto que iniciou com 40 agricultores com propriedades de até 10 hectares, agora tem 107 e sem limite de tamanho. “Começamos  conscientizando os pequenos, agora buscamos o mesmo para os médios e grandes”.

Do total de participantes do projeto, 43 já estão associados à nova entidade. Os demais 64 estão avaliando a iniciativa. Dallari disse que já foi procurado por outros cafeicultores que não participaram do projeto inicial e que as portas estão abertas.

Inicialmente a nova associação terá como sede uma casa localizada na Quota Mille. Ainda em janeiro uma nova reunião deverá ocorrer para definir a diretoria.

 

Veja tambÉm: