Tecnologias

Borra de café será transformada em biodiesel em Portugal

Projeto inovador investiga a reutilização energética da borra de café

 

postado em 23/11/2010 | Há 6 anos

A Delta Cafés tem em curso um projeto inovador a nível ibérico para valorizar borras de café, que investiga a sua reutilização energética e possível reaproveitamento para extração de óleos e antioxidantes, gerando subprodutos de valor comercial, de acordo com a agência Lusa.
A iniciativa, intitulada ReThink Eco-Project: Redução, Reutilização, Reciclagem e Valorização de Resíduos da Indústria do Café, insere-se no Programa de Sustentabilidade \"Planeta Delta\".
Financiado pelo Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN), o projeto arrancou em 2009 e só termina em Março de 2011, explicou o diretor de Inovação da Delta Cafés, Marco Miranda.
A empresa, por enquanto, disse, está centrada na valorização dos resíduos das cápsulas de café Delta Q, nas borras e também no plástico das embalagens - e na otimização da logística de recolha desses resíduos.
Embora ainda sem dados finais, o responsável garantiu que, da borra, é possível extrair \"elementos ricos, como óleos essenciais e para a produção de biodiesel e indústria de produtos naturais, e também antioxidantes, já que muitos dos produtos anticelulíticos e de beleza têm como componente ativa a cafeína\".
\"Sabemos também que, se queimarmos a borra, para produção de vapor e co-geração, podemos reincorporar energia nas nossas instalações. Ou, então, podemos criar biogás, utilizando-o igualmente como fonte de energia\", acrescentou.
A Delta Cafés já desenhou recipientes próprios para deposição das cápsulas usadas, chamados \"capsulões\", distribuídos, por exemplo, na lojas Delta Q e nos 22 departamentos comerciais nas principais capitais de distrito.
No futuro, depois de a investigação definir quais as soluções economicamente viáveis para valorização da borra, a Delta equaciona alargar o projeto ao canal Horeca e, assim, recolher os resíduos dos cafés, restaurantes e bares.

 

 

 

Veja tambÉm: