Mercado

COTAÇÃO DO CAFÉ - Mercado cafeeiro reverte posição e encerra o dia em queda

 

postado em 23/11/2010 | Há 6 anos

Infocafé de 22/11/10.    

 
MERCADO INTERNO
 
BOLSAS N.Y. E B.M.F.
Sul de Minas R$ 365,00 R$ 355,00  
Contrato N.Y.
Fechamento
Variação
Mogiano R$ 365,00 R$ 355,00 Dezembro/2010 206,15 -3,70
Alta Paulista/Paranaense R$ 360,00 R$ 350,00 Março/2011 207,15 -4,10
Cerrado R$ 370,00 R$ 360,00 Maio/2011 207,70 -3,90
Bahiano R$ 360,00 R$ 350,00  
* Cafés de aspecto bom, com catação de 10% a 20%.
Contrato BMF
Fechamento
Variação
Cons Inter.600def. Duro R$ 240,00 R$ 230,00 Dezembro/2010 242,90 -3,80
Cons Inter. 8cob. Duro R$ 270,00 R$ 260,00 Março/2011 246,90 -4,10
Dólar Comercial: R$ 1,7280 Setembro/2011 243,90 -3,10

Após iniciar os trabalhos em campo positivo as operações no mercado cafeeiro reverteram as posições e encerraram o dia em queda. Em N.Y. a posição março variou entre a máxima de +2,00 pontos e mínima de -5,25 fechando com  -4,10 pts. Realizações de lucros reverteram o quadro positivo, ativações de stops de fundos, levaram as cotações as mínimas.

O dólar iniciou a semana em alta, influenciado pelo cenário externo. Segundo operadores,  o socorro da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional (FMI) à Irlanda não dissipou os temores de contágio da crise da dívida soberana do país para outros vizinhos, como por exemplo, Portugal. No período da tarde,  as cotações da moeda também foram pressionadas pela piora das Bolsas norte-americanas, com a notícia de que o FBI realizou buscas em dois fundos de hedge em Connecticut dentro de uma investigação de insider trading em grande escala que foi antecipada no sábado pelo Wall Street Journal. O dólar fechou em alta de 0,58% a R$ 1,7280.

Na Europa, apesar de os consumidores dos 16 países que usam o euro estarem menos pessimistas sobre as perspectivas futuras neste mês, um pedido do Partido Verde da Irlanda, que é parceiro do governo de coalizão, para que sejam realizadas eleições gerais na segunda quinzena de janeiro de 2011, ajudou a reforçar o mau humor dos investidores. O euro caiu abaixo de US$ 1,37 após a notícia e não teve forças para se recuperar durante a sessão. Pesou negativamente também o alerta da Moody`s sobre um possível rebaixamento múltiplo da nota da Irlanda, que hoje é Aa2, grau de investimento. Os detalhes sobre o acordo da UE e FMI com a Irlanda, que poderá ficar em algo entre 80 bilhões e 90 bilhões de euros, devem ser revelados esta semana.

As especulações no mercado envolvendo Portugal irritaram o primeiro-ministro, José Sócrates, que insistiu que o país está numa situação diferente da Irlanda. \"Portugal não tem problemas em seu sistema financeiro, nunca teve uma bolha imobiliária e nossa situação orçamentária não se compara\" com a da Irlanda, afirmou. \"Ouvi muita conversa sobre o FMI. O país não precisa de nenhuma ajuda, o que precisa é fazer o que é necessário, ou seja, que aprove o Orçamento (de 2011)\", disse Sócrates.

A Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA, na sigla em inglês) definiu na ultima sexta-feira os nomes dos 31 vencedores do 11º Concurso de Qualidade Cafés do Brasil - Cup of Excellence 2010. O lote do produtor Cláudio Carneiro Pinto, da grota São Pedro, em Carmo de Minas (sul de Minas), foi eleito o melhor café do País, com a nota 93,91 pontos concedida pelo júri internacional, composto por importadores, torrefadores, baristas e donos de coffee shops de empresas da América do Norte, Europa e Ásia. Conforme comunicado da BSCA, das 47 amostras inscritas na fase internacional, 31 obtiveram o direito de disputar o leilão do Cup of Excellence, por meio da internet, em 18 de janeiro de 2011, por causa da sua elevada qualidade.  Os lotes participantes foram aprovados na etapa de pré-seleção e nas fases naci onal e internacional, todas auditadas pela BCS Öko-Garantie do Brasil. O concurso é organizado pela BSCA em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), Alliance for Coffee Excellence (ACE) e Agricoffee Consultoria em Café. Para o coordenador do concurso, presidente da Agricoffee e conceituado juiz internacional, Sílvio Leite, o caminho que os produtores brasileiros trilham tem dado muito retorno. Segundo ele, isso é observado em conversa com os jurados, que ficaram muito impressionados com o avanço da qualidade que o café produzido no Brasil apresenta ano a ano. Leite acredita que o Brasil cada vez mais se consolida como produtor de cafés de qualidade excepcional. O presidente da BSCA, Túlio Junqueira, anotou que, este ano, a prova da excepcional qualidade dos cafés do Brasil ficou ainda mais evidente, uma vez que, dos 31 vence dores (entre 47 classificados à fase final) do Cup of Excellence, cinco lotes se sobressaíram em relação aos demais, recebendo notas superiores a 90 pontos e sendo considerados Cafés Presidenciais. Para consultar a lista completa dos vencedores acessem  http://bsca.com.br/pt/noticia/93/bsca-divulga-vencedores-do-cup-excellence-2010  

 

Infocafé é um informativo diário, da Mellão Martini
 

Veja tambÉm: