Mercado

CCCMG realiza 6ª Festa do Café e homenageia personalidades do setor

São aguardados cerca de 900 convidados no Clube Campestre, em Varginha

 

postado em 19/11/2010 | Há 7 anos


O Centro do Comércio de Café do Estado de Minas Gerais (CCCMG) realiza em novembro a sexta edição da Festa do Café. O evento, que vai reunir cerca de 900 convidados, acontecerá no Clube Campestre, em Varginha/MG. Estão sendo aguardados convidados de todo país, dentre eles representantes de empresas nacionais e multinacionais, deputados federais e estaduais e pessoas ligadas diretamente ao produto café. A realização da 6ª Festa do Café tem o patrocínio da Sepetiba Tecon (uma empresa do Grupo CSN), Pinhalense Máquinas Agrícolas, Montesanto Logística, Banco do Brasil, Hencorp Commcor Corretora de Mercadorias e CMA (Consultoria, Métodos e Assessoria Mercantil Ltda).

De acordo com o presidente do CCCMG, Archimedes Coli Neto, o evento coroa o trabalho desenvolvido por todas as pessoas do ramo cafeeiro. “É uma grande oportunidade de nos encontrarmos, reunirmos e comemorarmos o ano produtivo que tivemos. Além do encontro de fortalecimento da classe conhecemos novas pessoas envolvidas no processo e damos uma nova partida com o ano novo que se inicia”, explica o presidente.

Ele ainda destaca que será uma das maiores festas do setor onde serão homenageadas algumas personalidades que contribuíram para o desenvolvimento da cadeia cafeeira. “Isto coloca Varginha de vez como a maior praça de comercialização de café no Brasil e consolida o nome da cidade como a Capital do Café”, salienta. Archimedes sempre defendeu um marketing mais forte em cima do nome Capital do Café e vem trabalhando para isto, “uma vez que é uma realidade ainda não totalmente explorada pela nossa cidade de Varginha”, menciona o responsável pela criação da Rua do Comercio de Café em Varginha, onde hoje se concentra a maioria das empresas do ramo.

Archimedes junto com seus diretores vem fazendo uma administração revolucionária frente ao Centro do Comercio de Café do Estado de Minas Gerais, trazendo a Varginha muitas empresas, que geram milhões de dólares em investimentos e milhares de empregos. “O café é o produto que mais traz renda a nossa cidade e movimenta todo o comércio no Sul de Minas. Se o café vai bem todos os outros setores ganham e geram lucros”, esclarece o líder cafeeiro.

 

Veja tambÉm: