Tecnologias

Nematóides especiais controlam pragas de solo

 

postado em 28/10/2010 | Há 7 anos

 
Nematóides especiais controlam pragas de solo
26/10/2010 12:10:00 - Portal Dia de Campo
Juliana Royo

Bioinseticidas à base de entomopatogênicos que combatem patógenos de diversas culturas chegam ao mercado em 2011


Os nematóides são conhecidos pelos produtores por causarem danos a várias culturas. No entanto, existe um grupo destes pequenos animais que são benéficos e podem ajudar bastante os agricultores. Os nematóides entomopatogênicos matam vários insetos-praga sem causar danos às culturas nem aos animais vertebrados da fazenda. Além disso, são uma tecnologia limpa, não contaminam a água e o solo e não causam nenhum tipo de danos ao meio ambiente. Produtores de culturas que utilizam grandes quantidades de agrotóxico como batata, tomate e morango podem reduzir consideravelmente o uso de remédios químicos em suas plantações e até eliminar os resíduos que podem afetar a cultura.
Em vários países do mundo o uso de nematóides entomopatogênicos para combater pragas é feito. Nos Estados Unidos, já existem diversas fábricas com bioinseticidas deste tipo para controlar sobretudo insetos-praga da horticultura e fruticultura. Porém, o Brasil ainda carece de estudos sobre o assunto e está em uma fase inicial de experimentações com estes seres. Algumas instituições de pesquisa como o Instituto Biológico de São Paulo, a Universidade Federal de Lavras, em Minas Gerais, e a Universidade Estadual do Norte Fluminense, no Rio de Janeiro, já estão com estudos mais avançados. O Instituto Biológico deve lançar já no ano que vem o primeiro bioinseticida brasileiro com nematóides entomopatogênicos.
— Temos que caminhar para uma agricultura mais limpara para o bem de todos e certamente esta é uma opção muito interessante. Estes nematóides podem combater diversos tipos de pragas de solo como larvas de besouros e  brocas. Você não precisa de equipamentos especiais para aplicá-los, eles não atingem os animais vertebrados, não contaminam água, o meio ambiente.  A aplicação é simples, são utilizados equipamentos comuns como os pulverizadores motorizados até regador. A ideia é utilizar os nematóides dentro do Manejo Integrado, se eles não encontram as pragas eles morrem. No próximo ano já deve estar disponível o produto do Instituo Biológico. A UFL está com um núcleo forte estudando estes nematóides para controlar pragas do café e goiaba e a Universidade Estadual do Norte-Fluminense tem encontrado resultados muito bons para controle de broca da goiabeira — explica Marcio Voss, pesquisador do Iapar (Instituto Agronômico do Paraná).
Voss foi um dos palestrantes da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia do Iapar, que aconteceu entre os dias 18 e 24 de outubro, em Londrina, Paraná. No evento, ele falou sobre as pesquisas com os nematóides entomopatogênicos no Brasil e falou sobre algumas vantagens da utilização da tecnologia verde, como a não agressão ao meio ambiente e a facilidade para combater as pragas de solo, que às vezes são de difícil controle para alguns inseticidas. Os nematóides se arrastam pelo solo em busca dos insetos a serem combatidos e, em condições favoráveis, podem permanecer na lavoura durante dois anos. Essa pode ser uma grande vantagem para os produtores que não precisariam fazer as aplicações a cada safra e, com isso, reduziriam os custos de produção.

 

Veja tambÉm: