Mais Café

OPINIÃO - Tomem seus acentos o mercado vai decolar Por Wagner Pimentel

 

postado em 23/10/2010 | Há 6 anos

O mercado de café depois de ter feito um topo na casa de 198.65 centavos de dólar por libra peso no dia 10/09/2010, aonde alguns analistas chegaram a dizer que seria o topo do ano fez um recuo de duas semanas encontrou suporte na media de 72 do gráfico diário fazendo um fundo duplo no gráfico de 60 minutos onde fizemos uma entrada de compra na casa de 172.00 centavos de dólar por libra com stop curtíssimo em 170.5, posição mantida ainda até hoje. O café fechou na sexta em 198,85 depois de romper a casa de 2.00 dólares por libra peso uma barreira psicológica muitíssimo importante e fazer um novo topo do ano em 203.50.

 A economia mundial, depois de 2.008, onde tivemos o estouro de uma bolha financeira nos EUA, sustentada por hipotecas imobiliárias, passou a ter um novo cenário, houve o enfraquecimento do dólar por sua emissão em escala nunca vista pelo seu governo e também dos paises da zona do Euro.

Com uma quantidade de moeda circulante pelo mundo sem lastro de produção nem de suas reservas, o que estamos assistindo é uma corrida por ativos como as comodities, e nesta o ouro se destaca por já esta fazendo topo histórico acima de 1300 dólares a onça o que mostra a preocupação dos investidores com a saúde das moedas. Quando isto acontece a grande vedete do mercado são as comodities,e vemos os grandes fundos de hedge entrarem pesadamente nestes mercados mexendo com todo estrutura dos mercados , eles vêem as comodities como um  lugar seguro pra se investir e vêem uma grande oportunidade de ganhar caminhões de dinheiro já que são fundados para exatamente fazerem isto, mobilizar grandes quantidades de dinheiro. Estas posições costumam deixar as empresas que são especialistas em alguns setores, como o nosso café, em uma grande cilada deixando vários milhões de dólares de prejuízos, pois normalmente estas empresas do setor acreditam que ditam o mercado e quando isto acontece sempre estão posicionados do lado errado a esta onda.

Desde junho deste ano as comodities agrícolas subiram em torno de 30% nas bolsas algumas subiram mais que as outras, mas o que tiramos disto é que a grande quantidade de capital circulante nos mercados já esta provocando inflação e ninguém mais sabe prever onde ira parar, pois quando isto acontece à especulação leva os mercados a fazer uma bolha inflacionaria com cotações acima do esperado.

Para salgar este mercado esta quantidade de dinheiro espalhado pelo mundo a fora faz com economias que estavam décadas estagnadas comecem a crescer trazendo novos consumidores com poder de pagar por produtos que não tinham no passado, caso como paises chamado de BRICs, Brasil, Rússia, Índia e principalmente a China a maior população do mundo onde na ultima década tirou 400 milhões de pessoas da faixa de miséria e as trouxe para uma classe media com fome de consumir.

Com isso mercados que estavam em banho Maria como o do café começaram a subir, a falta de sensibilidade das grandes casas comercias em ver que o outro lado, o produtor também precisa ter lucro para fazer parte desta massa consumidora vem a anos manipulando o mercado deixando o produtor desanimado e a beira da falência, agora eles é que estão em situação não muito confortável com a nova realidade de mercado.

Em 2.007 começamos a ver este ensaio, mas com a quebra do Banco Leman Brothers e o aparecimento da crise em 2.008 estes mercados passou por uma correção, mas esta voltando com muito mais força.

No lado fundamentalista temos problemas climáticos que fizeram uma quebra na produção de café em alguns paises, de qualidade no Brasil, e de quantidade aliado a qualidade como o caso da Colômbia. Os estoques mundiais caindo como um todo, expansão no consumo nos paises consumidores, novos paises consumidores, e no Brasil que devera ser em 2.011/2.012 o maior produtor e consumidor de café no mundo vão mover este mercado.

O que temos neste cenário são economias em expansão, consumo em expansão, uma produção que não acompanha esta expansão, problemas climáticos e produtores desanimados e mal remunerados pelo mercado, uma formula uma quanto tanto explosiva o que com certeza teremos preços bem acima do que esta sendo pago para os produtores para um futuro próximo. Esta será a única forma de trazer equilíbrio para o mercado pagar preços mais atrativos aos produtores para que se invista em novas áreas produtoras para se ter um excesso de mercadoria para fazer um novo cenário baixista, mas para nos operadores e produtores de café sabemos que para que isto aconteça demanda de certo tempo, pois uma lavoura demora em torno de 4 anos para se encher as tulhas, portanto amigos produtores tomem seus acentos porque o mercado vai decolar.

Apesar de o mercado ter fechado com força na ultima semana podemos esperar uma correção no mercado nos próximos dias para depois uma nova investida de alta fazendo novo pivot de alta onde acredito para o fim de novembro teremos valores entre 2.20 e 2.3 cents de dólar por libra peso, alvos encontrado através de projeções gráficas e onde o mercado já esta pagando pelo mercado físico Colombiano, café lavado dominante no contrato C da Ice. Este recuo esperado me fará entrar aumentando a posição de comprado que estamos já há alguns dias.

Uma boa semana a todos, bons negócios, e que Deus abençoe a todos.

Wagner Pimentel
www.cafezinhocomamigos.blogspot.com
os o mercado vai decolar

 

Veja tambÉm: