Mercado

COTAÇÃO DO CAFÉ: N.Y. finalizou as operações nesta sexta-feira em queda de -2,15 pontos na posição dezembro

 

postado em 23/10/2010 | Há 7 anos

Infocafé de 22/10/10    

 
MERCADO INTERNO
 
BOLSAS N.Y. E B.M.F.
Sul de Minas R$ 345,00 R$ 335,00  
Contrato N.Y.
Fechamento
Variação
Mogiano R$ 345,00 R$ 335,00 Dezembro/2010 198,85 -2,15
Alta Paulista/Paranaense R$ 335,00 R$ 325,00 Março/2011 200,25 -2,10
Cerrado R$ 355,00 R$ 345,00 Maio/2011 199,80 -2,15
Bahiano R$ 335,00 R$ 325,00  
* Cafés de aspecto bom, com catação de 10% a 20%.
Contrato BMF
Fechamento
Variação
Cons Inter.600def. Duro R$ 245,00 R$ 235,00 Dezembro/2010 234,90 +0,60
Cons Inter. 8cob. Duro R$ 270,00 R$ 260,00 Março/2011 236,85 +0,45
Dólar Comercial: R$ 1,7060 Setembro/2011 232,00 0,00


N.Y. finalizou as operações nesta sexta-feira em queda de -2,15 pontos na posição dezembro, porém na semana registrou valorização expressiva acumulando 12,45 pontos na mesma. Hoje as cotações foram pressionadas pela estabilização na cotação do dólar diante de uma cesta de moedas.

Dados da CFTC (Commodity Futures Trading Commission) divulgados nesta sexta-feira os fundos mantiveram suas posições compradas em 4.746 lotes. Os contratos em aberto registraram alta de 5.026 lotes. Segundo os números apresentados, levando-se em consideração apenas as posições futuras, sem as opções, os grandes fundos possuíam 36.873 posições líquidas long (48.599 posições long (compradas) e 11.726 posições short (vendidas) no último dia 19 de outubro. No relatório anterior, referente a 12 de outubro, eles tinham em mãos 32.127 posições líquidas long (45.371 posições long (compradas) e 13.244 posições short (vendidas). As empresas comerciais registravam, no dia 19, um saldo de 38.436 posições l&iacu te;quidas short (65.528 posições compradas e 103.964 vendidas). No relatório anterior, elas sustentavam 33.625 posições líquidas short (64.023 posições compradas e 97.648 vendidas). Os pequenos operadores tinham, na terça-feira passada na ICE Futures US, um total de 1.563 posições líquidas compradas, sendo 8.952 compradas e 7.389 vendidas. No relatório referente a 12 de outubro, por sua vez, eles apresentavam 1.498 posições líquidas compradas, sendo 9.584 compradas e 8.086 vendidas. As posições em aberto na bolsa norte-americana eram de 140.137 lotes no dia 19 de outubro, ao passo que na semana anterior elas somaram 135.111 lotes.

No mercado cambial, o impacto do IOF maior a estrangeiros e a expectativa por novas medidas cambiais, o dólar encerrou os trabalhos da semana acima de R$ 1,70. Hoje, a moeda americana finalizou o dia com alta de 0,65% a R$ 1,706. Em entrevista à Agência Estado, o secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, disse que o Tesouro \"não vai sancionar aumento de juros da ponta longa\" da curva de taxas futuras, e que o governo está \"guardando\" o uso do Fundo Soberano do Brasil (FSB) no mercado de câmbio para quando for necessária uma demonstração de mais força e ainda destacou que o governo tem uma \"grande quantidade\" de medidas em estudo, que poderão ser lançadas a qualquer momento. \"É uma análise do dia a dia. Depende do que precisa\", afirmou.
Além disso, a ação do Ministério da Fazenda elevando o IOF a estrangeiros por duas vezes em um período de duas semanas deixou o mercado inseguro e os comentários nas mesas de operação dão conta de que o governo pode vir a elevar novamente o imposto. \"As ausências do ministro da Fazenda, Guido Mantega, e do presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, na reunião de ministros e presidentes de bancos centrais do G-20 na Coreia do Sul levantaram suspeitas entre os investidores de que o governo brasileiro pode vir a lançar novas medidas a qualquer momento\", segundo operadores.

Com a seleção de 104 cafeicultores que tiveram amostras de café classificadas para a final, o 7º Concurso de Qualidade Cafés de Minas entra em sua fase decisiva. Os nomes dos finalistas e seus respectivos municípios e regiões já podem ser conferidos no site da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater) http://www.emater.mg.gov.br . Foram selecionados, entre os 973 inscritos, 52 concorrentes da categoria café natural e 52 da categoria cereja descascado/desmucilado. Segundo o gerente da regional Emater de Lavras, Marco Antônio Canestri, as amostras de café apresentadas superaram a expectativa pouco favorável dos organizadores do concurso. \"Temos cafés muito bons e finos, apesar de a florada ter sido irregular\", explicou. Ele ainda disse que quando isso ocorre, o produto tende a apresentar uma queda na qualidade. \"Isso, no entanto, não aconteceu\", afirmou. Este ano, diferente de edições anteriores, o concurso ampliou a participação de concorrentes de todas as quatro regiões produtoras do estado (Sul, Chapadas de Minas, Matas de Minas e Cerrado). A mudança, de acordo Canestri, teve por objetivo promover o café de cada uma das regi&otilde ;es, respeitando e valorizando as características particulares delas. Nesta sétima edição, serão premiados três cafés de cada uma das categorias das regiões produtoras classificadas. \"Pode chegar a 18 amostras premiadas, mas elas precisam atingir a pontuação mínima, exigida por compradores e que é de 84 pontos da tabela de classificação da Associação Americana de Cafés Especiais (SCAA)\", ponderou o gestor do projeto na Emater, o coordenador técnico Marcos Fabri. Segundo ele, as amostras do primeiro lugar da categoria cereja e da categoria descascado serão enviadas para o Concurso Nacional da Associação Brasileira das Indústrias de Café (Abic). O Concurso Qualidade dos Cafés de Minas é uma realização do Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuá ria e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa) e da Emater, em parceria com a Universidade Federal de Lavras (Ufla). O evento é uma ação do programa estruturador do estado, o CertificaMinas Café. A cerimônia de encerramento e premiação dos melhores cafés será no dia 25 de novembro, em Lavras, no Salão de Convenções da Ufla. Além da premiação, está programado um leilão dos cafés premiados. O evento costuma atrair a atenção e participação de compradores nacionais e internacionais de café.


 

Infocafé é um informativo diário, da Mellão Martini
 

Veja tambÉm: