Comércio

Ciesp Campinas lança novo grupo voltado à área de agronegócios

 

postado em 27/09/2010 | Há 6 anos

DCI

SÃO PAULO
27/09/2010 
 
milton paes

CAMPINAS - O setor do agronegócio é responsável por um terço de tudo que é produzido no País. A agricultura familiar representa 80% da produção de alimentos e 40% do Produto Interno Bruto (PIB) agropecuário brasileiro. A área agricultável no Brasil divide-se em 70 milhões de hectares de área plantada, 220 milhões de hectares de pastagem e 90 milhões de hectares prontos para serem usados, sem gerar dano ao meio ambiente. Nos Estados Unidos a área total agricultável é de 270 milhões de hectares, sendo utilizados 120 milhões de hectares com plantio de alimentos.

Na China, a situação é crítica: o país tem 160 milhões de hectares agricultáveis, todos já usados com plantio. Dessa forma, o cenário é extremamente favorável ao Brasil, com cerca de 160 milhões de hectares disponíveis para a produção, oferecendo assim boas possibilidades para o País se firmar como o maior produtor de alimentos do planeta. No Brasil, das áreas plantadas atualmente, 45,6 milhões de hectares são ocupados com o plantio de grandes culturas, como soja, milho, trigo, arroz e feijão, enquanto apenas 8,9 milhões de hectares são ocupados com cana-de-açúcar, 2,3 milhões de hectares, com café, e 12,2 milhões, com produção de hortifrútis. Outro dado de mercado é o fato de que 2,8% dos produtores rurais ocupam 56,7%, enquanto os pequenos produtores ocupam apenas 7,9% dos 70 milhões de hectares plantados atualmente.

Cadeia produtiva

De olho no crescimento dessa importante cadeia produtiva, o Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), na Regional de Campinas, anuncia oficialmente, logo mais, nesta segunda-feira, às 9 horas em sua sede, na Rua Padre Camargo Lacerda, 37, no bairro Bonfim, em Campinas, a criação do Grupo de Agronegócios do Ciesp.

O diretor titular do Ciesp Campinas, Natal Martins, disse que a criação do grupo deve-se às boas expectativas geradas pelo setor e que o grupo pretende dar suporte técnico, estratégico e político aos seus associados para o desenvolvimento dessa importante cadeia produtiva. A entidade conta atualmente com 51 empresas associadas desse segmento. Os coordenadores do Grupo de Agronegócios do Ciesp de Campinas são Gerard Urolijk, Raquel Kussama e Carlos Biondo.

O Grupo de Agronegócios pretende colaborar para a profissionalização dessa cadeia produtiva, gerando eventos e formas alternativas de aproximação com grandes empresas. A disponibilização de ferramentas adequadas para que o agronegócio esteja preparado para a intensa competição de um mercado que se profissionaliza e se tecniciza rapidamente é outra meta a ser perseguida.

 

Veja tambÉm: