Mercado

Uma semana de correção Por Wagner Pimentel

 

postado em 26/09/2010 | Há 7 anos

O mercado de café esta semana após ter tentado ultrapassar a barreira dos $2.00 dólar por libra peso na semana passada e não conseguir entrou em uma semana de correção e rompeu os três primeiros suportes técnicos, testando os últimos dois na casa 180.50 e 177.5 e fechou a semana em 180,60 antes do maior suporte técnico que seria a media de 72 períodos do gráfico diário, onde acredito que esta o alvo desta correção onde deverá parar na casa 172.0, portanto ainda temos mais queda pela frente até encontrar este suporte técnico.

Uma posição dos comprados muito alta, a distancia do término do contrato do mês de dezembro, que é o contrato em vigência na atualidade, a chegada da primavera brasileira trazendo chuvas, flor do cafeeiro que esta próxima renovando a esperança do produtor, a chegada da safra nova dos paises da América Central deram combustível a esta correção do mercado.

O cenário continua o mesmo, estoque baixo, consumo em acedência, principalmente de café de qualidade, com bebida superior, que é o mercado que mais cresce o consumo no mundo, portanto a safra brasileira não irá mudar em nada este cenário que não teve café de qualidade este ano, e também com a safra dos paises centrais que não tem o tamanho necessário para resolver o problema, ou seja, esta safra dos Centrais que entra no curto prazo poderá amenizar este cenário, mas não muda-lo.

Este cenário de aperto de mercadoria de café de qualidade, que é o único tipo de café que esta faltando no mercado, só terá uma nova tendência quando estes preços que estamos vendo na bolsa realmente chegar ao bolso do produtor porque por enquanto este preço ainda não chegou e poucos produtores tiveram o prazer de recebê-lo o que também não muda em nada o cenário do campo. O alto custo para produzir, leis ambientais cada vez mais rígidas e leis trabalhistas, estão tornando inviável a prática de produzir café, trazendo um desanimo ao produtor que não consegue saldar suas dividas com as entidades financeiras.

A bi anualidade na produção do café que faz parte do seu ciclo produtivo traz pimenta para este cenário, pois a safra brasileira de café do ano que vem que será um ano de ciclo baixo o que trará para o mercado novo aperto na oferta, hoje em dia a produção brasileira tem que ser no mínimo de 50 milhões de sacas para abastecer o mercado interno e externo.

A única forma que tem o mercado de mudar este cenário é encontrar um equilíbrio entre produção e consumo e isto se dará com a conscientização do mercado que se quiser tomar um café de qualidade com o comprimento das leis ambientais e trabalhistas terá que pagar este preço, preço que esta defasado para cobrir estes custos, e para que isto aconteça à forma encontrada será de aumentar o preço trazendo lucro e tranqüilidade para a classe produtora que nos últimos anos só fecha balanço no vermelho.

O mercado físico de café teve uma semana mais lenta de negociação com esta correção, e os produtores recuaram esperando por cotações melhores.

O empurrão que deram na crise mundial emitindo papel moeda, leia se emitindo dólar, jogaram a crise para frente, e ninguém ainda sabe dizer quando ela voltara a afetar os mercados, mas uma hora isto irá acontecer, e espero que de tempo para a capitalização do setor produtivo para agüentar a terceira onda desta crise que será maior e mais grave do que a de 2.008, tomara que este empurrão seje grande o bastante e de tempo para a procura de novos mercados consumidores, para que esta onda não afete o mercado cafeeiro, pois todos nós brasileiros lembramos de quando o governo brasileiro emitia papel moeda e trocava o nome do dinheiro, e todos sabemos que não resolveu em nada esta operação de emissão de dinheiro.

Um cenário com tendência altista a procura de um equilíbrio e longe de se resolver, e a única coisa a se fazer agora é esperar esta correção e depois veremos novos picos de preços acima da casa de $2.00 dólar por libra peso.

Para quem não está posicionado em bolsa, é esperar para uma entrada na ponta compradora, para quem tem café no físico administrar a alta e os estoques que teremos muita novidade pela frente.

Bons negócios a todos e boa semana, que Deus os abençoe.

Wagner Pimentel

www.cafezinhocomamigos.blogspot.com

 

Veja tambÉm: