Mercado

Seminário do Café do Cerrado teve início com a presença do Ministro da Agricultura Wagner Rossi

A presença do Ministro veio demonstrar o alto grau de importância da cafeicultura no contexto produtivo do país e em particular o prestígio dos cafeicultores junto ao Governo Federal.

 

postado em 26/09/2010 | Há 7 anos

A 18ª edição do Seminário do Café do Cerrado, aconteceu na quarta-feira,  dia 22 de  setembro, com a  presença do Ministro de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Wagner Rossi, do presidente da ACARPA, Marcelo Queiroz; do prefeito municipal, Lucas Siqueira, do Deputado Federal, Silas Brasileiro; do presidente da Federação dos Cafeicultores do Cerrado, Francisco Sergio de Assis, do coordenador geral das Câmaras Setoriais do Ministério da Agricultura, o patrocinense Agnaldo José de Lima; do representante da Secretaria do Estado de Agricultura, Paulo Romano, do Gerente Regional de Varejo  do Banco do Brasil, Marcos Melo Frade; do Gerente da Macro Regional Região Oeste do Sebrae Minas, senhor  Marden Márcio magalhães; e várias autoridades e lideranças do agronegócio café, completaram a grandiosidade e importância do evento.

O Seminário do Café, pela sua tradição, a cada ano inova e demonstra de forma inquestionável o quanto a cafeicultura é importante para nossa região e para o país.

Para representar os 55 municípios que pertencem ao parque cafeeiro da região do cerrado, através das 6 associações de classe, oito cooperativas, 1 Fundação de Desenvolvimento e a Federação dos Cafeicultores do Cerrado foi realizada a entronização das bandeiras da Fundaccer, Federação e  de cada associação e  cooperativas  pelos seus respectivos presidentes. Desta forma a Federação dos Cafeicultores do Cerrado promoveu a valorização dos cafeicultores da Região do Café do Cerrado Mineiro.

No discurso de abertura da solenidade, entre homenagens e agradecimentos, o Presidente Marcelo Queiroz destacou o desenvolvimento do Seminário do Café ao longo destes 18 anos. “O Seminário cresce a cada ano e a sua realização é de importância fundamental para a cafeicultura brasileira”. Enfatiza Marcelo.

Em seu discurso, o Ministro Wagner Rossi, ressaltou a força de Patrocínio no agronegócio nacional e também o crescimento do país neste setor. O Ministro destacou a importância do trabalho do Coordenador Geral das Câmaras Setoriais do Ministério da Agricultura, o patrocinense Agnaldo José de Lima com as palavras: “Agradeço a  Patrocínio por ter “cedido” o Aguinaldo José de Lima, que é uma figura de grande importância hoje no Ministério, que recuperou a importância e a eficiência  da discussão permanente nas câmaras setoriais com cada uma das  cadeias produtivas do agronegócio em todo país.  E finalizando seu discurso, parabenizou a ACARPA, através de seu Presidente Marcelo Queiroz pela organização da 18ª edição do Seminário e disse  que sua presença não foi somente para atender ao Café do Cerrado, que sempre é um privilégio, como também  para verificar como é possível   com seriedade, com firmeza de propósitos,  com a humildade de fazer sempre,   novamente e melhor este grande evento, ressaltando que o Café do Cerrado é hoje uma conquista do Brasil.

 

Veja tambÉm: