Mercado

Produção de café do Vietnã pode ter queda de 10%

 

postado em 24/09/2010 | Há 7 anos

A produção de café do Vietnã no próximo ano-safra, que começa em 1º de outubro, pode ficar 10% abaixo das 18,72 milhões de sacas de 60 quilos cada previstas pela Organização Internacional de Café (OIC), disse hoje uma autoridade da Associação Vietnamita de Café e Cacau (Vicofa, na sigla em inglês). Se concretizado, o volume produzido em 2010/11 será inferior em relação ao nível desta temporada.

De acordo com um relatório divulgado em setembro pela OIC, a safra vietnamita deve somar 18 milhões de sacas em 2009/10. Nas regiões de Gia Lai e Kon Tum, próximas de Dak Lak, a produção pode cair até 20% no próximo ano-safra, revelou a autoridade da Vicofa. Juntas, as áreas respondem por cerca de 10% da quantia total produzida pelo Vietnã. \"Teremos mais clareza sobre tais estimativas após observarmos o clima no mês que vem\", afirmou ele.

Embora algumas lavouras de café tenham sido danificadas por fortes chuvas na região, produtores têm utilizado menos fertilizantes por causa dos altos custos envolvidos na aplicação, explicou a fonte. Ambos os fatores podem reduzir a produtividade da safra em 2010/11, segundo ele.

Além disso, as plantações também estão envelhecendo, sendo que quase 30% dos cafezais no país têm mais de 20 anos de idade, acrescentou ele. A autoridade disse que os preços globais do grão devem permanecer elevados, já que os estoques atuais estão baixos. O contrato novembro do café robusta na Bolsa de Londres (Euronext Liffe) fechou cotado a US$ 1.696 por tonelada na quarta-feira, alta de 4,1% em relação à semana passada. As informações são da Dow Jones.

 

Veja tambÉm: