Estatísticas

Aumento do consumo de café nos últimos 5 anos foi de 4,3% na média

 

postado em 17/09/2010 | Há 7 anos

Consumo


No Brasil, atualmente se consome cerca de 18 milhões a 20 milhões de sacas de café ao ano no mercado interno. Nos últimos cinco anos, o aumento do consumo foi de 4,3% na média. Nos Estados Unidos, principal consumidor do produto, são cerca de 22 milhões de sacas consumidas por ano. Nesta safra, serão colhidas no mundo todo cerca de 120 milhões de sacas.

“Se o Brasil quiser passar para uma produção com média de 50 milhões de sacas - sendo 20 milhões para consumo interno -, vai precisar de incentivo. E essa realidade é a mesma no mundo todo. No caso do Brasil, o câmbio (girando em torno de R$ 1,70 em relação ao dólar) está prejudicando demais os produtores. O ideal seria que a cotação estivesse em torno de R$ 2,20”, diz Lima Verde.

Apesar de se vender bem a saca no Exterior (cerca de US$ 200), no Brasil ela é comercializada por R$ 300,00, sendo inferior ao custo de produção. “Então, sem incentivos dos governos dos países produtores, não há como estimular o aumento da produção de café”, acrescenta.

Segundo Lima Verde, no Brasil existem 300 mil propriedades cafeeiras. Entretanto, cerca de 70% delas são pequenas, com aproximadamente 50 hectares (cada hectare equivale a 10 mil metros quadrados).

Com as técnicas atuais de plantio, é possível aumentar o número de pés de café dentro das propriedades já existentes - já que novas plantações não são indicadas .

Porém, o custo exigido para isso extrapola as possibilidades do produtor diante do valor venal que se consegue atualmente com o real valorizado perante o dólar. Ou seja, sem incentivos financeiros, volta-se ao início desta intrincada conta que não fecha: o crescimento mundial do consumo contra números bem menos positivos em relação à produção.

 

Veja tambÉm: