Mercado

ENTREVISTA: Com Armando Matielli - Eng. Agrônomo

 

postado em 31/08/2010 | Há 7 anos

Notícias Agricolas

Café sobe mais uma vez em N. York, mas mesmo assim líder dos cafeicultores brasileiros diz que ainda não é hora do produtor vender. Clima seco e bianualidade pode trazer mais renda ao agricultor nos próximos anos.




COMENTÁRIOS

FERNANDO SOUZA BARROS | SÃO PAULO - SP
31/08/2010 João Batista, lembre-se, neste preço que voce viu de R$ 330,00 a R$ 340,00 nesta segunda feira, se a nota fiscal for de Cooperativa, ele equivale a R$ 299,50 a R$ 308,50 pois o exportador recupera a diferença -- seja numa torrefação ou outro negócio e, com isto, acaba fazendo dumping no Mercado Internacional -- pois este preço equivale a um diferencial de 38 centavos abaixo da cotação de N.York. Uma
vergonha, pois se o produtor for vender seu café fora da Cooperativa vão oferecer a ele R$ 315,00 por saca. Esta bagunça detona a transparencia, o livre comércio, o contribuinte, o País e quem ganha são os torrefadores internacionais, que hoje estão sem estoque algum... pasmem!!

CHRISTINA RIBEIRO DO VALLE | GUARANESIA - MG
João Batista Ainda bem que existem pessoas com a visão de Armando Matielli,que procuram soluções para todos esses problemas criados por falta de politicas governamentais que levaram os produtores de café à essa situação de miséria,de desalento e de vergonha. Obrigado por nos mostrar que existe ainda esperança.Christina Ribeiro do Valle.

SILVIO MARCOS ALTRÃO NISIZAKI | COROMANDEL - MG
PARABÉNS ARMANDO MATIELLI, MAIS UMA VEZ MOSTRANDO A VERDADEIRA SITUAÇÃO DOS CAFEICULTORES BRASILEIROS, NÃO HAVERÁ SOLUÇÃO (RENDA), SEM EQUACIONAR AS DIVIDAS. CHEGA DE ARRENDAR NOSSAS TERRAS, NOSSO TRABALHO, NOSSOS PÉS DE CAFÉ, PARA QUITAR JUROS

 

Veja tambÉm: