Produção

Rio terá concurso inédito para cafés de alta qualidade

 

postado em 23/08/2010 | Há 7 anos

Produtores de café de qualidade do estado vão contar com um importante incentivo para o segmento. Numa ação inédita, o Centro do Comércio de Café do Rio de Janeiro, a Associação de Cafeicultores e o Sindicato do Comércio Atacadista de Café do Rio de Janeiro, em parceria com a secretaria estadual de Agricultura, vão realizar o 1º Concurso Estadual de Qualidade dos Cafés do Rio de Janeiro. O objetivo é incentivar o cafeicultor fluminense a produzir café de alta qualidade e promover o setor junto aos consumidores.
 
Na sexta-feira (20/8), o secretário da pasta, Alberto Mofati, esteve reunido com integrantes da comissão organizadora do concurso. Na ocasião, ficou definido que as amostras de café da variedade arábica, safra 2010/2011, preparados por via seca (café natural) e por via úmida (cereja descascado e despolpado), poderão ser inscritas até o dia 17 de setembro. Os nomes dos cinco primeiros classificados em cada categoria serão divulgados no dia 7 de outubro.
 
Na avaliação do secretário, o evento será uma oportunidade importante para os produtores divulgarem seus produtos, mostrando o potencial da cafeicultura fluminense, ao mesmo tempo em que possibilitará a aproximação entre as empresas que trabalham com cafés especiais e os produtores.
 
– Precisamos mostrar para o Brasil que no estado do Rio de Janeiro está sendo produzido um café de ótima qualidade. O antigo conceito de que o produto fluminense não era bom, é coisa do passado. Tenho certeza de que, com este concurso, criamos uma nova maneira de divulgar o café plantado no estado. Além disso, estamos trabalhando para o fortalecimento da cafeicultura fluminense – afirma.
 
Segundo o regulamento, cada cafeicultor poderá concorrer com apenas 1 lote de café arábica preparado por via seca e 1 lote preparado por via úmida (sendo 1 lote de cereja descascado e 1 lote de despolpado). Mais informações sobre o concurso no site www.concursocaferj.com.br.

 

Veja tambÉm: