Mercado

Boletim semanal Carvalhaes Mercado de café continuou firme esta semana

 

postado em 20/08/2010 | Há 7 anos

Boletim semanal - ano 77 - n° 33

Santos, sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Escritório Carvalhaes

O mercado de café continuou firme esta semana. Hoje, último dia de pregão antes do início do período de notificação em Nova Iorque, apesar de já concluída grande parte da rolagem dos contratos de setembro para dezembro, a ICE Futures US trabalhou em forte alta. A BMF em São Paulo e a Liffe em Londres, acompanharam Nova Iorque e também fecharam com altas significativas.

A colheita da safra brasileira de café 2010/2011 está chegando ao final e pouco trabalho passará para setembro. Todos os dias chegam ao mercado informações sobre problemas diversos e quebras tanto na colheita do arábica como do conilon, não se encontrando mais quem acredite em números muito superiores aos da estimativa oficial.

Alguns analistas comentam, como se fosse alguma coisa extraordinária, que os futuros de café arábica na ICE em Nova Iorque atingiram esta semana a máxima em 13 anos. Em nossa opinião, com as profundas modificações ocorridas na economia mundial e nos custos de produção nesse período, as bases atuais terão de ser “chão” de mercado para a produção mundial de café se manter e crescer o suficiente para suprir o aumento do consumo.

Nos últimos anos, os estoques, tanto dos países produtores como dos consumidores, vinham complementando as necessidades do mercado e mascarando os problemas da produção após anos de preços aviltados, que não refletiam as mudanças na economia mundial. Agora, com estoques no final (inclusive os certificados nas bolsas de futuro), o mercado se pergunta o que acontecerá daqui para frente.

Até o dia 19, os embarques de agosto estavam em 985.945 sacas de arábica e 69.740 sacas de conillon, somando 1.055.685 sacas de café verde, mais 76.811sacas de solúvel, contra 1.344.773 sacas no mesmo dia do mês anterior. Até o dia 19, os pedidos de emissão de certificados de origem para embarque em agosto totalizavam 2.000.689 sacas, contra 1.718.102 sacas no mesmo dia do mês anterior.

A bolsa de Nova Iorque – ICE, do fechamento do dia 13, sexta-feira, até o fechamento de hoje, sexta-feira, dia 20, subiu nos contratos para entrega em dezembro próximo, 745 pontos ou US$ 9,85 (R$ 17,33) por saca. Em reais por saca, as cotações para entrega em dezembro próximo na ICE fecharam no dia 13, a R$ 415,59/saca e hoje, dia 20, a R$ 430,58/saca. Hoje, sexta-feira, nos contratos para entrega em dezembro, a bolsa de Nova Iorque fechou com alta de 520 pontos.

 

Veja tambÉm: