Consumo

Café pode subir até 15% no varejo

 

postado em 28/07/2010 | Há 7 anos

Quarta-feira, 28 de julho de 2010

Mesmo com safras altas, café deve ficar mais caro no Brasil

Da Redação
economia@eband.com.br

O preço do café nas gôndolas deve sofrer reajuste de até 15%, em média, nas próximas semanas se acompanhar a variação do valor da commodity no mercado internacional, de acordo com informações de “O Estado de S. Paulo”.

A cotação dos contratos futuros produto já subiu cerca de 20% na Bolsa de Nova York, referência para o mercado. O movimento já ocorre há 40 dias. \"A indústria de café está pagando, em média, R$ 40 a mais pela saca de 60 quilos de café, em comparação com 40 dias atrás. Não temos condições de assimilar essa alta nos custos sem repassar ao varejo\", diz Nathan Herszkowicz, diretor executivo da Abic (Associação Brasileira da Indústria de Café).

A expectativa de altas safras frustrada pelos grandes produtores, como Colômbia e América Central, são os responsáveis pela tendência de alta do café, explica Nathan. Contribuíram o atraso da colheita no Vietnã, 2º maio produtor do mundo. O baixo nível dos estoques e a oferta muito próxima da demanda também colaboram.

Embora o Brasil colha uma safra grande de 47 milhões de sacas, o cenário mundial afeta o mercado interno. Mais consumidos, os cafés tipo superior e tradicional sobem da faixa de R$ 9 a R$ 10 por quilo para R$ 10 a R$ 11. \"A indústria está com \"zero\" de gordura para queimar, pois os preços de venda ao varejo são os mesmos de cinco anos atrás\", diz Nathan.

Redação: Helton Simões Gomes

 

Veja tambÉm: