Mercado

Nova York registra máxima em 12 anos com compras de fundos

 

postado em 25/06/2010 | Há 7 anos

Agência Estado

24/06/2010

Os preços do café arábica dispararam hoje na bolsa ICE Futures US, em Nova York, e alcançaram o maior nível em 12 anos. A escassez de grãos de alta qualidade vem estimulando compras de fundos, que atuaram intensamente nesta quinta-feira. O contrato com vencimento em setembro saltou 825 pontos ou 5,14% e fechou a 168,75 cents/lb. No melhor momento, chegou a subir quase 10% e atingiu 176,50 cents/lb. O mercado saiu das máximas com realização de lucros. A última vez que os futuros operaram nesses níveis foi em fevereiro de 1998.
 
Compras de especuladores, como bancos e fundos de hedge, provocaram o salto de 25% no preços desde 7 de junho. No fim da semana passada, o mercado registrou máximas em dois anos. O movimento de hoje marca uma retomada do momentum altista, na medida em que os investidores aproveitaram a chance de lucrar após dois anos de fracas colheitas na Colômbia e na América Central. Essas regiões são conhecidas por seu café arábica de alta qualidade.
 
A noção de que os preços elevados não podem produzir oferta adicional está acelerando a valorização do café. Segundo o analista Jack Scoville, vice-presidente da corretora Price Futures Group, \"o rali não chamou o café que o mercado parece querer agora\". \"Há uma falta de produto que neste momento vem sendo legitimamente expressada.\"
 
As vendas de origem devem pressionar as cotações com o avanço da colheita no Brasil, maior produtor mundial, segundo analistas. No entanto, a colheita de arábica começou em junho e ainda não ganhou ritmo suficiente para atender à demanda global. Um corretor da América Central disse que há grãos disponíveis na origem, mas a volatilidade do mercado futuro faz com que os compradores comerciais sigam nervosos.
 
Além disso, a exigência de margens de garantia mais altas na ICE Futures US está colocando alguns à margem do mercado, aumentando ainda mais a volatilidade. Na quinta-feira, a ICE elevou a margem em US$ 150, para US$ 3.150 por contrato de 37.500 libras.
 
Alguns analistas avaliam também que a magnitude das compras de fundos está simplesmente fortalecendo a pressão por vendas comerciais. Eles alertam que qualquer indicação de recuo dos preços poderá provocar um volume de vendas massivo nas bolsas, enquanto uma nova alta dará mais força ao rali.
 
O preço do café robusta, negociado na bolsa Euronext Liffe, em Londres, também disparou: o contrato julho avançou 4,6% e fechou a US$ 1.622/t.
 
De acordo com a ICE Futures US, o volume estimado de contratos negociados hoje foi de 29,43 mil lotes, além de 15,58 mil opções de compra e 12,29 mil opções de venda. Veja abaixo como ficaram os principais vencimentos do café em Nova York e Londres. As informações são da Dow Jones.

 

Veja tambÉm: