Mercado

Colheita do cafe no Sul de Minas é irregular e não chega a 10%

 

postado em 28/05/2010 | Há 7 anos

Lessandro Carvalho | Agência Safras

 
A colheita de café da safra 2010 na região de atuação da Cooxupé (Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé), que atua no sul e cerrado de Minas Gerais e em parte de São Paulo, está muito irregular, com muitos grãos verdes sendo colhidos junto com os grãos cereja.
 
Segundo o gerente de desenvolvimento técnico da Cooxupé, Joaquim Goulart, nas regiões de maior altitude do sul mineiro, a colheita começou e em muitas áreas teve de parar tamanha a incidência de grãos verdes. Isso ocorre devido ao número excessivo, e o longo período, de floradas no segundo semestre do ano passado.
 
\"A qualidade do cereja é boa, mas vamos ter muitos grãos verdes do começo ao fim da colheita\", disse Joaquim Goulart à Agência SAFRAS. Observa que normalmente a catação é de 15% na média, e este ano passará de 20%, sendo que no momento ela passa de 30%, com muitos grãos verdes.
 
Os trabalhos estão andando melhor nas áreas de menor altitude, próximas à Represa de Furnas, como Altinópolis, Alfenas e Campos Gerais. No geral, Goulart acredita que, no sul de Minas Gerais e na parte de São Paulo em que atua a Cooxupé, a colheita não chega a 10%. Já no cerrado mineiro, a colheita está mais avançada, em torno de 15%/20%.
 
Goulart indica que o alto índice de grãos verdes deve afetar o rendimento no beneficiamento do café e o número final da safra nas regiões de atuação da Cooxupé. Destaca que especialmente em São Paulo se esperavam grãos de peneiras mais altas, e estão vindo mais baixas.

 

Veja tambÉm: