Mercado

COTAÇÃO DO CAFÉ - N.Y. finalizou as operações nesta quarta-feira registrando +0,95 pontos na posição julho

 

postado em 27/05/2010 | Há 7 anos

Infocafé de 26/05/10.    

 
MERCADO INTERNO
 
BOLSAS N.Y. E B.M.F.
Sul de Minas R$ 290,00 R$ 280,00  
Contrato N.Y.
Fechamento
Variação
Mogiano R$ 290,00 R$ 280,00 Julho/2010 133,70 +0,95
Alta Paulista/Paranaense R$ 280,00 R$ 270,00 Setembro/2010 135,25 +1,00
Cerrado R$ 295,00 R$ 285,00 Dezembro/2010 136,70 +0,95
Bahiano R$ 280,00 R$ 270,00  
* Cafés de aspecto bom, com catação de 10% a 20%.
Contrato BMF
Fechamento
Variação
Cons Inter.600def. Duro R$ 223,00 R$ 220,00 Julho/2010 159,95 +1,00
Cons Inter. 8cob. Duro R$ 233,00 R$ 230,00 Setembro/2010 158,75 +1,10
Dólar Comercial: R$ 1,8560 Dezembro/2010 160,05 +1,55

N.Y. finalizou as operações nesta quarta-feira registrando +0,95 pontos na posição julho após variar entre a mínima de -0,15 e máxima de +2,85 pts. Compras de torrefadoras juntamente com a atuação de especuladores puxaram os preços. No interno permanece a boa procura.
    
O dólar comercial fechou o dia em baixa de 0,64%, cotado a R$ 1,8560. Com uma brecha sobre notícias ruins e a correção de eventuais exageros nos últimos dias, os investidores buscaram ativos como ações e moedas de países emergentes, por exemplo, o real. Ontem, a Itália se juntou ao grupo de países que anunciaram medidas de austeridade e, por isso, como outras nações do bloco, enfrentará manifestações populares. A maior confederação sindical da Itália, a CGIL, convocou uma greve geral para até o fim de junho, para protestar contra os cortes de gastos propostos pelo governo. Na avaliação dos economistas da Gradual Investimentos, \"as expectativas estão embaralhadas com a situação contraditória no Velho Continente: se n& atilde;o houver aperto fiscal na Europa, aqueles países não pagam a dívida; e se fizerem o ajuste fiscal, a Europa entra em recessão\". Hoje, a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) afirmou que a atividade econômica nos países que são membros do grupo está crescendo mais rapidamente do que o esperado. No entanto, alertou que os mercados de dívida soberana voláteis e o superaquecimento das economias dos mercados emergentes apresentam riscos crescentes para a recuperação global. A OCDE elevou suas estimativas de crescimento do produto Interno Bruto (PIB) dos países membros neste ano e em 2011 para 2,7% e 2,8%, respectivamente. No caso do Brasil, a OCDE elevou a expectativa de crescimento do PIB de 5,3% para 6,5% em 2010 e de 4,5% para 5,0% em 2011. Agência Estado

Todas as informações geradas por pesquisadores da área de cafeicultura da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) estão reunidas no livro “Café arábica: do plantio à colheita”, que será lançado dia 16 de junho, durante a abertura da Expocafé 2010. O livro traz resultados de pesquisas destacados numa extensa revisão bibliográfica, gerados com o apoio financeiro do Consórcio Pesquisa Café e de outras instituições, como a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). “A iniciativa desta obra contou com a participação efetiva de 35 pesquisadores da Epamig, incluind o também aqueles de outros órgãos que estão à disposição desta empresa, todos com vasta experiência e dedicação à pesquisa com a cultura do café”, ressalta o editor da publicação, Rodrigo Luz da Cunha. “Café Arábica do plantio à colheita” traz, em 896 páginas, 14 capítulos, que começam com a história do café no Brasil e seguem com temas inéditos da pesquisa gerada pela Epamig. Apresenta etapas importantes no manejo da cultura, atualizando informações de conteúdo técnico e abrangente, visando o cultivo racional por meio de tecnologias disponíveis que possibilitam uma produtividade com qualidade e sustentabilidade. A finalidade do documento é atender à demanda de produtores, da assistência técnica, de pesquisadores e demais pessoas ligadas ao agronegóc io do café, disponibilizando em uma só publicação todas as tecnologias geradas para o setor. Para o presidente da Epamig, Baldonedo Arthur Napoleão, a obra é altamente relevante e necessária a cafeicultores, pesquisadores, professores, consultores, estudantes na área de Ciências Agrárias e a todos aqueles ligados à cadeia produtiva do café. “As informações aqui apresentadas fazem parte da comemoração dos 35 anos de pesquisa da Epamig e, sem dúvida, são importantes para dar continuidade ao desenvolvimento da cafeicultura de Minas Gerais e demais Estados produtores do país”, assegura. O diretor técnico da Epamig, Enilson Abrahão, diz que a publicação vai coroar o trabalho da equipe de pesquisadores da área do café e mostrar a força e a competência do grupo. O segundo volume já está; sendo escrito e terá o título \"Café Arábica: da pós-colheita ao consumo\". A publicação será lançada durante o próximo Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil, que será realizado em Araxá, em 2011. C/Agência Minas

 

Infocafé é um informativo diário, da Mellão Martini
 

Veja tambÉm: