Mercado

Boletim semanal Carvalhaes - Café fechou em alta todos os dias esta semana em NY

 

postado em 24/04/2010 | Há 8 anos

Boletim semanal - ano 77 - n° 16

Santos, sexta-feira, 23 de abril de 2010

Escritório Carvalhaes

Após duas semanas trabalhando em baixa, a ICE Futures US, em Nova Iorque, a partir da terça-feira, fechou em alta todos os dias esta semana. O mercado físico brasileiro não se alterou: firme para os arábicas finos, escassos nesta época do ano, e com pouco interesse para os fracos, tanto da safra atual como de safra anteriores.

Em plena entressafra e com forte demanda do mercado internacional pelos arábicas brasileiros de qualidade, muitos compradores estão enfrentando dificuldade para encontrar no físico brasileiro os lotes que necessitam para cumprir seus compromissos de embarque. O comentário que mais se houve no mercado de café é que os estoques dos principais armazéns e cooperativas nunca foram tão baixos como na atual entressafra. Faz muitos anos que não se vê a entrada de uma nova safra ser aguardada com tanta ansiedade.

Devido ao verão quente e chuvoso, muitos cafeicultores programaram iniciar a colheita da safra 2010 no início de abril, mas interromperam os trabalhos devido ao alto porcentual de grãos verdes em suas lavouras. É provável que, como todos os anos, a colheita brasileira de arábica só comece, em volume significativo, a partir de meados de maio.

Na Feira Internacional da SCAA – “Specialty Coffee Association of América” deste ano, realizada este mês entre os dias 15 e 18, em Anaheim na Califórnia, um dos principais assuntos debatidos foi o crescimento do mercado de consumo de café em dose única, que vem crescendo fortemente e deverá se desenvolver ainda mais nos próximos anos. Novas tecnologias e novas formas de extração estão revolucionando o mercado consumidor de café.

Até o dia 22, os embarques de abril estavam em 1.067.657 sacas de arábica e 8.916 sacas de conillon, somando 1.076.573 sacas de café verde, mais 122.012 sacas de solúvel, contra 1.147.733 sacas no mesmo dia do mês anterior. Até o dia 22, os pedidos de emissão de certificados de origem para embarque em abril totalizavam 1.800.414 sacas, contra 1.735.100 sacas no mesmo dia do mês anterior.

A bolsa de Nova Iorque – ICE, do fechamento do dia 16, quinta-feira, até o fechamento de hoje, dia 23, subiu nos contratos para entrega em maio próximo, 270 pontos ou US$ 3,58 (R$ 6,31) por saca. Em reais por saca, as cotações para entrega em maio próximo na ICE fecharam no dia 16, a R$ 301,42 e hoje, dia 23, a R$ 307,37/saca. Hoje, sexta-feira, nos contratos para entrega em maio, a bolsa de Nova Iorque fechou com alta de 70 pontos.

 

Veja tambÉm: