Estatísticas

Consumo de Gourmet mais do que dobrou no Brasil em 2009

 

postado em 06/04/2010 | Há 7 anos

A Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC) divulgou o Estudo Anual sobre o Consumo de Café em todo o país, e aponta que no ano passado 97% dos entrevistados haviam tomado café no dia da entrevista e no dia anterior, número 6% maior que o registrado há sete anos. A preferência pelo tipo de café também apresenta novas tendências. Além de a primeira xícara tomada ser do café filtrado (93% em casa e 96% fora do lar), o consumo por grãos gourmet e especiais mais que duplicou, comparando - se 2008 com o ano passado, foi de  1,2%, para 2,7%. As informações partem da assessoria de comunicação da Café do  Centro.

O Café do Centro, maior torrefadora de grãos gourmet e especiais do país, registrou índices acima do mercado de gourmet que cresce de 15 a 20% ao ano segundo a ABIC. A torrefadora obteve aumento de 40% nas vendas em 2009, apenas no Food Service, atuando nos estados Paraná e Santa Catarina no sul; Rio de Janeiro e São Paulo no sudeste e Rio Grande do Norte na região nordeste. No mercado varejista concentrado em Florianópolis e Porto Alegre, por meio das redes Angeloni e Zaffari a expansão foi de 10%. Segundo Rafael e Rodrigo Branco Peres, diretores do Café do Centro, a mudança nos hábitos de consumo é fator determinante para o aumento da venda de cafés gourmet e especiais no país.

\"Características como aroma, corpo diferenciado, doçura e origem dos grãos são alguns dos diferenciais que já são percebidos por quem consume café gourmet.

Este tipo de consumidor busca alta qualidade acima de tudo e está disposto a pagar por um excelente café\".

O Café do Centro também passou por avanços na produção nos últimos quatro anos em decorrência do aumento do consumo no mercado interno. A produção de cafégourmet da torrefadora passou de 15% em 2006 para 40% no ano passado, uma expansão de 25%. A ABIC estima que do consumo total de café em 2009 (18,39 milhões de sacas), os cafés gourmets representaram cerca de 4% (760 mil sacas).

Apesar de parecer pequeno, o segmento gourmet representa de 7% a 8% das vendas totais (que foram de R$ 6,8 bilhões em 2009).

Fonte : Safras & Mercado

 

Veja tambÉm: