Mercado

Pressão vendedora continua e café volta a recuar na ICE

 

postado em 28/12/2009 | Há 8 anos

O contrato futuro de café arábica negociado na ICE Futures US tinha, há pouco, quedas consideráveis, após ter iniciado a sessão pós-feriado nos menores níveis de quatro semanas, com 139,10 centavos por libra, ter registrado alguma recuperação e, na seqüência, ter voltado a apresentar perdas ainda mais consistentes, batendo na mínima de 137,40 centavos por libra peso. De acordo com analistas internacionais, o mercado verifica vendas especulativas, após o feriado prolongado.

Para esses analistas, ainda há uma perspectiva de melhoras, caso a pressão vendedora não seja tão constante quanto a dos últimos dias. Nesse cenário eles acreditam que o março poderia, inclusive, voltar a flutuar acima dos 145,00 centavos por libra. "Estamos verificando hoje uma pressão que é mais do próprio mercado de café do que de fatores externos. O dólar não avança em relação a várias moedas e muitas commodities operam com ganhos. Estamos verificando vendas especulativas, sem uma contrapartida suficiente no lado comprador. Com isso, poderemos até romper outros suportes", disse um trader.

As exportações de café do Brasil em dezembro, até o dia 23, somaram 1.712.085 sacas, contra 1.745.327 sacas do mesmo período de novembro, de acordo com o Cecafé (Conselho dos Exportadores de Café do Brasil).

O março na ICE Futures US tem suporte em 137,40, 137,25, 137,10-137,00, 136,85, 136,70, 136,50, 136,30, 136,10-136,00 e 135,80 centavos de dólar por libra peso, com a resistência em 140,60, 140,85, 141,00, 141,20, 141,40-141,50, 141,65, 141,80 e 142,00 centavos por libra.

Fonte: Agnocafé

 

Veja tambÉm: