Mercado

COTAÇÃO DO CAFÉ - N.Y.finalizaram o dia em campo negativo

 

postado em 29/10/2009 | Há 7 anos

Infocafé de 28/10/09.    

 
MERCADO INTERNO
 
BOLSAS N.Y. E B.M.F.
Sul de Minas R$ 263,00 R$ 253,00  
Contrato N.Y.
Fechamento
Variação
Mogiano R$ 263,00 R$ 253,00 Dezembro/2009 134,60 -1,75
Alta Paulista/Paranaense R$ 257,00 R$ 247,00 Março/2010 137,55 -1,75
Cerrado R$ 265,00 R$ 255,00 Maio/2010 139,40 -1,80
Bahiano R$ 257,00 R$ 247,00  
* Cafés de aspecto bom, com catação de 10% a 20%.
Contrato BMF
Fechamento
Variação
Cons Inter.600def. Duro R$ 228,00 R$ 225,00 Dezembro/2009 159,90 -1,70
Cons Inter. 8cob. Duro R$ 234,00 R$ 232,00 Março/2010 163,00 -1,70
Dólar Comercial: R$ 1,7550 Maio/2010 166,70 -1,65

  As operações em N.Y.finalizaram o dia em campo negativo, a posição dezembro variou entre a máxima de +0,20 pontos e mínima de -3,40 fechando com -1,75. As cotações foram pressionadas pela alta do dólar em relação ao real e de vendas na maioria dos mercados de commodities, recompras técnicas por parte de fundos limitaram as perdas.

  O dólar fechou com alta de 0,92% refletindo as quedas nas Bolsas e no petróleo. O principal fator para a piora internacional foi a queda inesperada das vendas de novas moradias nos Estados Unidos. Para amanhã, o mercado acompanha o dado mais aguardado da semana, o Produto Interno Bruto (PIB) norte-americano do terceiro trimestre.

  O Banco Central realizou hoje mais um leilão e comprou dólar com taxa de corte de R$ 1,7419. Após essa atuação, as cotações à vista ampliaram os ganhos. Pela manhã, o BC divulgou que o fluxo cambial acumula ingresso líquido de US$ 12,842 bilhões em outubro até a última sexta-feira. Os números mostram um cenário bastante diferente do observado em igual período de outubro de 2008, quando US$ 3,177 bilhões deixaram o País, em meio ao agravamento da crise financeira internacional. De acordo com o BC, a média diária de ingresso de dólares para operações financeiras no Brasil despencou 73% após o início da taxação do capital estrangeiro com o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). A média diária de entrada líquida no fluxo financeiro entre os dias 20 e 23 de outubro ficou em US$ 248 milhões, valor que corresponde a cerca de um quarto da média observada em outubro até o dia 19. A alíquota de 2% passou a valer em 20 de outubro.

  O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou hoje a possibilidade de os produtores de café com financiamento no Funcafé pagarem suas dívidas com produto. A liquidação de financiamentos de
estocagem da safra 2008/2009, em sacas de café, poderá ser feita com base no preço mínimo vigente. Em entrevista à Agência Estado, publicada na última segunda-feira, o presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Wagner Rossi, informou que a estatal já estava preparando armazéns nas principais regiões produtoras do País para receber o produto por este canal. De acordo com o coordenador geral da Secretaria de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Aloísio Melo, caberá ao Ministério da Agricultura definir as condições operacionais necessárias para o cumprimento da medida. “Com isso, os produtores passam a contar com uma opção mais vantajosa para liquidação dessas dívidas, caso os preços do mercado estejam abaixo do preço mínimo”, esclarece o documento distribuído por Melo. Pelos cálculos do coordenador, o valor total das dívidas de estocagem soma atualmente R$ 676 milhões. Foram aprovadas também duas outras medidas visando a esclarecer a forma de aplicação das taxas de juros das operações do Funcafé. As informações partem da Agência Estado.

  Está sendo realizada até o próximo dia 30 
pela primeira vez na Bahia, a Fispal - Feira Internacional de Produtos, Embalagens, Equipamentos, Acessórios e Serviços para Alimentação, a maior do gênero no Norte e Nordeste, com expectativa de gerar mais R$ 800 milhões em negócios. O evento, que será realizado no Centro de Convenções da Bahia, conta com 350 expositores nacionais e internacionais para um público esperado de cerca de 25 mil pessoas, entre profissionais de indústria, varejo e mercado de alimentação fora do lar. A feira é promovida pela Brazil Trade Shows (BTS), a maior promotora de feiras voltadas para a cadeia produtiva de alimentos e bebidas na América Latina.

Representantes do mercado de café gourmet estarão no local apresentando novidades e soluções para o setor e 
juntamente com a Feira será realizada a etapa regional do nono Campeonato Brasileiro de Barista. A regional baiana terá 12 competidores. A máquina oficial será a La Spaziale e a head judge da prova será a barista tricampeã nacional Sílvia Magalhães. Confira a seguir quem são os baristas participantes, por ordem alfabética: Alessandra Portela (Lucca Cafés Especiais); Bruno da Silva Santos (Feito a Grão); Édson Antônio da Silva Macedo (Feito a Grão); Hebert Ricardo Bispo de Jesus (BBC); Jardim Alves Pereira (Feito a Grão); Joice dos Santos (Lucca Cafés Especiais); Juvenal Gonçalves Júnior (John John Café); Luis Fernando dos Santos (Casa Café); Mariela Evangelista Rastelli (Feito a Grão); Misael Lima do Nascimento (Chez Café); Nadson Santana Gusmão dos Santos (BBC ); Nailton de Jesus Bastos Reis (Café Bahia).

 

Infocafé é um informativo diário, da Mellão Martini
 

Veja tambÉm: