Tecnologias

Ano da florada anima produtores de café que esperam uma colheita superior

 

postado em 25/09/2009 | Há 8 anos

As floradas de café já estão se iniciando e prometem corresponder às boas expectativas dos produtores que esperam uma safra superior. Com ciclo bianual, o café, que é uma cultura perene, alterna safras altas e baixas. Para o agrônomo e consultor de mercado, Lucas Figueiredo, os cafeicultores deverão ter uma safra com carga maior, já que a produção deste ano foi relativamente baixa.

"Tudo indica que a colheita, que se inicia em maio, será cerca de 5% superior a atual. Existe grande expectativa dos agricultores", diz Figueiredo, consultor da Casa da Vaca, em Santo Antônio do Amparo (MG).

No entanto, segundo Figueiredo, para que a produtividade não seja afetada é necessário manejar bem os cafezais. "São necessárias pulverizações de defensivos na pré e na pós-florada para proteger as plantas dos fungos. E depois deve-se combater a ferrugem, com a adoção de fungicidas de solo adequados ao manejo da doença", alerta o consultor de mercado.

Para ajudar os produtores a aproveitar a florada, a Bayer CropScience oferece uma solução eficaz para manejo integrado de doenças desta cultura, o programa Muito Mais Florada. O foco é auxiliar o cafeicultor no controle do complexo fúngico, que provoca a necrose do botão floral, das flores e da roseta (fenômeno conhecido como mumificação) e consequentemente inviabiliza o crescimento saudável dos chamados "chumbinhos", futuros grãos que, após o ataque dos fungos, ficam com aspecto enegrecido e caem prematuramente. 

"Entramos na safra de alta produtividade e a colheita de 2010 deverá ser melhor do que a deste ano. Por isso, o produtor deve estar atento para aproveitar esta oportunidade da melhor maneira possível. O Muito Mais Florada pode auxiliá-lo nesta tarefa, pois as perdas com as doenças causadas pelo complexo de fungos podem causar prejuízos de até 90%, principalmente quando a florada acontece sob condições de clima favorável como chuvas, alta umidade e temperatura baixa, associada à corrente de vento", observa José Lourenço, agrônomo de desenvolvimento da Bayer CropScience.

Integram o programa os produtos Rovral e Folicur. O primeiro é um fungicida de contato que age preventivamente. Já o Folicur é um fungicida sistêmico que possui ação preventiva e curativa, cujo ingrediente ativo penetra e move-se intacto dentro da planta. A adoção integrada dos dois produtos com modos de ação diferentes, proporciona o melhor manejo para o controle do complexo de fungos e contribui para o "pegamento" da florada, com uma possibilidade de aumento de produção de até 60%.

No Muito Mais Florada estão previstas duas aplicações: a primeira deve ser feita na época da pré-florada, que ocorre a partir do mês de setembro e a outra na pós-florada, que geralmente ocorre de 20 a 30 dias após a primeira aplicação.

"Para a próxima safra a previsão é de que a mumificação seja grave caso não haja tratamento preventivo, pois teremos a passagem do El Niño, que vai provocar chuvas mais abundantes nas regiões cafeeiras. Isso aliado a temperaturas mais baixas agrava o problema. O cafeicultor que fizer a aplicação preventiva certamente terá mais benefícios no final da safra", diz Lourenço.
As informações são do Informativo de setembro da Bayer CropScience.

 

Veja tambÉm: