Comércio

COOPERATIVAS - Polônia quer intercâmbio com cooperativas brasileiras

 

postado em 25/08/2009 | Há 8 anos

Brasília (25.8.2009) - A aproximação de cooperativas brasileiras e produtores de fertilizantes poloneses foi discutida em reunião do secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Gerardo Fontelles, com o vice-ministro da Economia da Polônia, Adam Szejnfeld, nesta terça-feira (25). Szejnfeld declarou que seu país é um grande exportador de adubo químico e poderá fazer intercâmbio com A carne bovina do Brasil.

O secretário de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo, Márcio Portocarrero, participou do encontro e explicou que é possível reunir cooperativas em consórcio para negócios diretos. Portocarrero sugeriu a visita de uma missão de empresários poloneses para conhecer as cooperativas brasileiras.

Szejnfeld também mostrou interesse na cooperação tecnológica agropecuária entre instituições dos dois países. Para Fontelles, o Brasil está aberto à transferência tecnológica. “Precisamos incrementar as relações institucionais, comerciais e tecnológicas”, disse.

Exportações - As vendas de produtos do agronegócio para a Polônia totalizaram, nos sete primeiros meses deste ano, US$ 63,6 milhões. Fumo e seus produtos ficam no topo da lista dos exportados, com US$ 36 milhões. Em seguida, estão o café (US$ 8,6 milhões) e couros (US$ 7,5 milhões). (Da Redação)

 

 

Veja tambÉm: