Mercado

COLHEITA DO CAFÉ DEVERÁ EMPREGAR MAIS DE 30 MIL PESSOAS EM SÃO PAULO

 

postado em 28/05/2009 | Há 8 anos

Diário da Franca

28/05/2009 - Produtores rurais da Alta Mogiana, em São Paulo, começam a contratar trabalhadores para a apanha de café.

A previsão dos produtores é de que sejam empregados em 13 municípios perto de 30 mil trabalhadores. A estimativa de safra neste ano é menor do que a de 2008, quando a região atingiu 1,4 milhão de sacas.

Para 2009 a estimativa chega a 1 milhão de sacas. Embora a mecanização tenha chegado na região, os produtores rurais afirmam que a mão de obra humana ainda tem sido mais eficiente.
São mais de 30 mil trabalhadores (da região e de outros estados) que estarão sendo abrigados nas propriedades rurais de Franca e mais 12 cidades que formam a Alta Mogiana, principais produtores de café do Estado e que corresponde a mais de 2,5% da produção nacional (40 milhões de sacas).

De acordo com os produtores rurais, os trabalhadores terão serviço na panha de café por 4 meses de produtividade, prazo para atuação nas lavouras da região. Esse foi um dos assuntos discutidos durante 1 Simpósio do Agronegócio Café da Alta Mogiana, Simcafé, que terá encerramento nesta quinta-feira no espaço Fenafic (avenida Willian Azzuz, Miramontes) realizado pela Cocapec - Cooperativa de Cafeicultores e Agropecuaristas.

O evento reuniu no seu primeiro dia produtores da região, técnicos e profissionais que trabalham no setor. O objetivo do Simpósio foi de oferecer aos participantes informações sobre a evolução do agronegócio, gestão, manejo e planejamento das propriedades cafeeiras, focando especialmente o Café da Alta Mogiana.

Maurício Miarelli, presidente da Cocapec, explicou que o Simpósio teve como proposta apoiar e desenvolver a cafeicultura regional oferecendo aos mais de 1.800 produtores cooperados, serviços e tecnologias que aumentem a produtividade de suas lavouras e a competitividade da cadeia do café.

Nesta quinta-feira, a partir das 8 horas, os convidados acompanharão a palestra do professor José Laércio Favarin, da Esalq/USP de Piracicaba, sobre Gestão e Manejo da Adubação e Nutrição do Cafeeiro. Após será oferecido um café aos participantes em comemoração ao Dia Nacional do Café.


Em seguida palestra sobre Gestão e Planejamento da propriedade cafeeira, pelo prof.
Dr. Ricardo de Souza Sette, da Ufla de Lavras/MG, após será servido almoço no local.
No período da tarde, o Simpósio contará com o professor Uriel A.
S. Rotta, do Centro de Conhecimento em Agronegócios sobre Gestão Financeira e Mercadológica e em seguida palestra do professor Fábio Moreira da Silva da Ufla de Lavras/MG, sobre Gestão da Colheita Mecanizada.

 

Veja tambÉm: