Tecnologias

Governo do Estado e Universidade Federal de Lavras oferecem o MBA em Coffee Business, inédito no Brasil

 

postado em 27/05/2009 | Há 8 anos

Governo do Estado e Universidade Federal de Lavras oferecem MBA inédito no Brasil

Em resposta às necessidades de qualificação de mão-de-obra para o mercado de café, que é o segundo produto na pauta de exportações de Minas Gerais, o Pólo de Excelência do Café, da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes) e a Universidade Federal de Lavras (Ufla) criaram o MBA em Coffee Business, inédito no Brasil. 

O curso é resultado de parceria estabelecida para a formação 300 técnicos da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater), que atende aos produtores de todas as regiões. Contudo, o MBA irá atender também a outros públicos interessados na gestão de negócios ligados ao café. 

O MBA, com foco em gestão, tem duração de um ano e meio e a primeira turma é composta por 60 profissionais, entre engenheiros agrícolas e agrônomos da Emater, que tenham, no mínimo, dois anos de experiência em atividades relacionadas à formação acadêmica. Eles iniciaram o curso a distância no mês de março e estão recebendo acompanhamento dos consultores e professores da Universidade Federal de Lavras durante 24 horas por dia.

De acordo com o gerente executivo do Pólo de Excelência do Café, Edinaldo José Abrahão, os estudantes se reunirão uma vez por semestre na Ufla, durante uma semana, para as aulas presenciais. Todo o tempo em que o aluno estiver conectado à internet para as aulas virtuais será contabilizado pela secretaria do curso. O trabalho de conclusão do MBA deve estar relacionado às atividades profissionais do aluno.

Abrahão ressalta que a capacitação profissional é um dos principais pontos definidos no Plano de Negócios, por isso é fundamental o fortalecimento do MBA em Coffee Business e do Centro de Trainee em Mercados, também em funcionamento na Ufla para formar profissionais voltados para atuação em mercados.

O Pólo de Excelência do Café foi lançado em 2007 pelo governador Aécio Neves, na Expocafé, em Três Pontas, no Sul de Minas. A instalação do pólo se deu em Lavras numa parceria efetiva com a Ufla e Embrapa Café.  Segundo o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Alberto Portugal, os pólos de excelência, criados pelo Governo de Minas, traduzem a necessidade de consolidar a liderança mineira nas áreas em que o Estado detém alta produção e expertise, por meio de pesquisas e inovação. Os pólos são responsáveis pela integração das competências institucionais que induzem o processo de desenvolvimento, promovendo um ambiente adequado à atração de investimentos e novos negócios com alta densidade de inteligência e tecnologia.

Também são instituições parceiras do Pólo de Excelência do Café: a Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Empresa de Pesquisa Agropecuária do Estado de Minas Gerais (Epamig), Fundação Procafé, Escola Agrotécnica Federal de Machado, Conselho Nacional de Café (CNC), Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais (Faemg), Sebrae, Emater-MG e Associação Brasileira de Indústria do Café (Abic).

Mais informações:
Pólo de Excelência do Café
(35)3829-1581
ou pelo site www.faep.org.br

 

Veja tambÉm: