Mercado

COTAÇÃO DO CAFÉ - Mercado cafeeiro finalizou as operações nesta quarta-feira em campo positivo

 

postado em 20/05/2009 | Há 9 anos

Infocafé de 20/05/09.    

 
MERCADO INTERNO
 
BOLSAS N.Y. E B.M.F.
Sul de Minas R$ 265,00 R$ 255,00  
Contrato N.Y.
Fechamento
Variação
Mogiano R$ 265,00 R$ 255,00 Julho/2009 133,30 +1,00
Alta Paulista/Paranaense R$ 260,00 R$ 250,00 Setembro/2009 135,10 +0,95
Cerrado R$ 270,00 R$ 260,00 Dezembro/2009 136,95 +0,60
Bahiano R$ 260,00 R$ 250,00  
* Cafés de aspecto bom, com catação de 10% a 20%.
Contrato BMF
Fechamento
Variação
Cons Inter.600def. Duro R$ 235,00 R$ 233,00 Julho/2009 142,95 +1,05
Cons Inter. 8cob. Duro R$ 238,00 R$ 235,00 Setembro/2009 147,95 +1,10
Dólar Comercial: R$ 2,0280 Dezembro/2009 152,50 +1,35

  O mercado cafeeiro finalizou as operações nesta quarta-feira em campo positivo, a posição julho em N.Y. variou entre a mínima de -1,55 pontos e máxima de + 2,30 fechando com +1,00. Compras especulativas surgiram com a fraqueza do dólar impulsionando as cotações, o desempenho positivo do mercado de ações deram sustentação as cotações, porém  vendas de origens limitaram os ganhos. No interno vendedores dosando suas ofertas com alguns negócios sendo realizados.

  O dólar encerrou o dia com queda de 0,34%, atingindo o menor valor desde 2 de outubro de 2008, quando fechou em R$ 2,021. O Banco Central fez novas compras de dólares, com taxa de R$ 2,0188. De acordo com um gerente de câmbio, o fluxo de entrada de recursos no país e a redução das posições compradas no mercado futuro são variáveis que têm dado ao dólar uma tendência de queda nos últimos dias. Segundo dados divulgados pelo BC nesta tarde, a entrada de dólares no país nos dez primeiros dias de maio totalizou US$ 2,059 bilhões, o maior valor desde setembro do ano passado, quando somou US$ 2,083.

  De 15 de junho a 22 de setembro produtores de cafés de qualidade poderão se inscrever no 19º Prêmio Ernesto Illy de Qualidade do Café para Espresso, da torrefadora italiana Illycaffè. Serão distribuídos mais de US$ 100 mil em prêmios, a 50 produtores finalistas. São aceitos grãos da espécie Coffea arábica, preparados por via seca (café natural) ou via úmida (cereja descascado). Site:
www.clubeilly.com.br

  Está sendo realizado entre os dias 19 e 22 de maio, no CPC (Centro de Preparação de Café do Sindicafé-SP, o 7º Curso Avançado de Avaliação de Café sob Metodologia SCAA) - Specialty Coffee Association of America/Associação Americana de Cafés Especiais. A SCAA é a entidade líder do mercado dos cafés especiais, pois além de criar conceitos e estruturas de promoção, possui o único programa de certificação de juízes de cafés especiais, tendo certificado mais de 300 profissionais de diversos países.

A ABIC (Associação Brasileira da Indústria do Café) possui acordo de cooperação técnica com a SCAA e o laboratório do CPC é um dos certificados pela entidade americana para aplicação de exames de certificação de juízes SCAA e de Q Graders. Os cursos avançados oferecidos no Brasil, sob condução de Ensei Neto, membro do TSC-SCAA (Comitê de Normas Técnicas da SCAA) e juiz certificado SCAA, apesar de seu caráter como curso livre, tem oferecido profunda capacitação para avaliação sensorial de café a partir de sólidos conceitos científicos.

  Nesta 7ª Turma, uma novidade: será introduzido novo modelo inovador de Interpretação de Percepções Sensoriais que está sendo desenvolvido por Ensei Neto e seus colegas do Subcomitê de Certificação de Laboratórios e Juízes da SCAA. A partir de recentes estudos e comprovações da área de fisiologia médica adicionados de testes estatísticos, um novo grupo de exercícios tem permitido aos alunos melhor identificação e interpretação de algumas percepções sensoriais, tanto aquelas ligadas à olfação como à gustação e tato.

Dessa forma, a avaliação de café pela Metodologia SCAA acaba conferindo maior precisão ao resultado, uma vez que é expresso numericamente numa escala decimal de zero a cem pontos SCAA. "O curso avançado, além de proporcionar excelente preparo para posteriormente alguém prestar o exame de certificação de juiz SCAA, oferece interessantes ferramentas não apenas para avaliar a qualidade de um café, mas, também para o nosso autoconhecimento e aplicação no dia-a-dia", explica Neto. Inscrições e informações: Flavia Santiago (11) 3258-7443 CPC (Centro de Preparação de Café do Sindicafé-SP) Praça Dom José Gaspar, 30 - 21º andar  - Centro - São Paulo/SP
www.sindicafesp.com.br . As informações partem da Tempo Comunicação.

 

Infocafé é um informativo diário, da Mellão Martini
 

Veja tambÉm: