Comércio

Colômbia: exportações caem 16% no 1º trimestre de 09

 

postado em 25/04/2009 | Há 9 anos

As exportações de café da Colômbia no terceiro mês de 2009 registraram uma queda de 9%, o que equivale a 84.000 sacas a menos frente ao mesmo mês do ano anterior. Esse comportamento, no entanto, representa uma menor queda quando comparado com o ocorrido em janeiro e fevereiro.

Enquanto as exportações de café caíram 18% em janeiro e 23% em fevereiro, em março a queda foi de 9%, o que pode começar a mostrar uma mudança de tendência para os próximos meses. Ao fechamento do terceiro mês do ano, foram exportadas 820.000 sacas de café de 60 quilos contra 904.000 sacas em março de 2008.

De janeiro a março, as exportações de café baixaram 16%, caindo de 3,127 para 2,631 milhões de sacas na comparação com o primeiro trimestre de 2008. A baixa nas exportações do trimestre é inferior à registrada no acumulado até fevereiro, quando a redução estava em 20%, o que leva à previsão de uma melhoria nos próximos meses.

No intervalo do ano cheio, de abril de 2008 a março de 2009, as exportações apresentam queda de 9%, saltando de anteriores 11,657 para 10,590 milhões de sacas - o que acompanha a evolução da produção, em queda no final do ano.

Produção

De acordo com o comportamento das exportações, os dados indicam que a produção de café da Colômbia em março caiu 12%, de 872 para 765 mil sacas se comparadas aos dados obtidos no terceiro mês de 2008.

Diante dos dados, a Federação Nacional de Cafeicultores da Colômbia mantém a projeção de que, ao final do semestre, a produção estaria em mais de 4,5 milhões de sacas, e confirma ainda mais a tese de que 2009 será o ano da normalização em matéria de produção e exportações.

Enquanto em janeiro e fevereiro se falou de quedas de 38% e de 20% na produção, respectivamente, em março a queda foi de 12%. Apesar disso, os dados indicam que o volume esteve no nível médio dos últimos dez anos para o mês de março, o que, entretanto, não quer dizer que tenham sido bons para os produtores.

De janeiro a março, a produção de café mostra uma redução de 25% frente ao primeiro trimestre do ano anterior, que foi excepcional e marcou recorde. Nos primeiros três meses do ano, a produção acumulada de café chegou a 2,509 milhões de sacas, ficando nos níveis da média da década, contra 3,366 milhões de sacas no mesmo período do ano anterior.

No ano completo, abril de 2008 a março de 2009, a produção do grão chegou a 10,621 milhões de sacas, 20% a menos que no mesmo período do ano anterior (13,234 milhões de sacas).

 

Veja tambÉm: